Balanço

Com 1,3 mil mortes em 24 horas, Brasil passa de 74 mil vítimas do novo coronavírus

Número de infectados confirmado no país se aproxima de dois milhões

Brasil de Fato | Brasília (DF) |

Ouça o áudio:

Brasil registrou 1,3 mortes nas últimas 24 horas - Fotos Públicas

O Brasil chegou nesta terça-feira (14) a 74.133 vítimas do novo coronavírus, de acordo com dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Nas últimas 24 horas, foram 1,3 mortes registradas pelas autoridades de saúde.

Continua após publicidade

O número de infectados confirmado no país, ainda conforme o balanço, é agora de 1.926.824. Entre esses, 41.857 foram registrados no último dia. A taxa de letalidade segue em 3,9%. 

O ranking de estados mais afetados segue na mesma ordem: São Paulo, com 386.607 casos e 18.324 mortes, Ceará, com 139.437 casos e 6.977 mortes, e Rio de Janeiro, com 132.822 casos e 11.624 mortes.

O que é o novo coronavírus?

Trata-se de uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos, os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Edição: Rodrigo Durão Coelho