Justiça

Jornal Brasil Atual Edição da Tarde | 24 de julho de 2020

Governo Bolsonaro é denunciado na Comissão Interamericana de Direitos Humanos por violações durante pandemia

Ouça o áudio:

Ouça o programa ao vivo das 17h às 18h30 na Grande São Paulo (98.9 MHz) e noroeste paulista (102.7 MHz) e através do site do Brasil de Fato - Juliana Almeida | RBA

Um conjunto de organizações da sociedade civil, como o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, a Artigo 19 e o Instituto de Estudos Socioeconômicos, denunciaram o governo de Jair Bolsonaro na Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA).

A denúncia foi motivada pela falta de transparência do governo brasileiro na divulgação de dados e informações sobre o novo coronavírus. As ações de Bolsonaro contra as recomendações da OMS, não usando máscaras e incentivando aglomerações e o uso de medicamentos sem eficácia comprovada contra a covid-19, preocupam órgãos internacionais.  

Outro ponto observado na denúncia entregue a Comissão Interamericana de Direitos Humanos é em relação as violações dos direitos das populações indígenas. Luiza Pinheiro, assessora política do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), avalia que o impacto nas comunidades indígenas é o mais cruel possível. Segundo ela, essa vulnerabilidade dos povos indígenas é maior por conta do contexto do desmonte de políticas públicas voltadas para essa população.   

O jornal traz informações sobre a ações de celebração do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha e do Dia do Trabalhador e da Trabalhadora Rural, ambos comemorados neste sábado (25). Movimentos de mulheres negras realizam entre esta sexta e o sábado uma série de atividades para marcar a data. Os movimentos populares do campo, por sua vez, realizarão doações de alimentos em vários estados do país. 

Confira ainda no jornal, o alerta de comunidades quilombolas sobre a portaria publicada no começo de julho que retirou a coordenação do licenciamento ambiental em terras ocupadas por remanescentes de quilombos da Fundação Cultural Palmares e a transferiu para o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária).

Continua após publicidade

Segundo as organizações quilombolas, a principal preocupação é que essas mudanças favorecem a regularização dessas áreas para grandes empreendimentos voltados ao agronegócio.

Confira todos os destaques no áudio acima. 

Continua após publicidade

------ 
O Jornal Brasil Atual Edição da Tarde é uma produção conjunta das rádios Brasil de Fato e Brasil Atual. O programa vai ao ar de segunda a sexta das 17h às 18h30, na frequência da Rádio Brasil Atual na Grande São Paulo (98.9 MHz) e pela Rádio Brasil de Fato (online). Também é possível ouvir pelos aplicativos das emissoras: Brasil de Fato e Rádio Brasil Atual.

Edição: Mauro Ramos