Repercussão

Líderes mundiais comentam vitória de Biden nos EUA; Bolsonaro não se pronuncia

Com a projeção de vitória confirmada, diversos lideranças políticas publicaram oficialmente apoio ao presidente eleito

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |

Ouça o áudio:

Políticos, aliados e líderes mundiais parabenizam o democrata Joe Biden pela vitória das eleições norte americanas - Roberto SCHMIDT / AFP

Joe Biden é o novo presidente eleito dos Estados Unidos, segundo projeção de diferentes veículos de comunicação do país norte-americano. A apuração completa ainda não foi oficialmente finalizada, porém, com o resultado do estado da Pensilvânia, neste sábado (7), o democrata já ultrapassou os 270 delegados necessários para assumir a presidência.

Continua após publicidade

Com essa confirmação, diversos lideranças políticas já publicaram oficialmente seu apoio ao novo presidente. Apoiador de Trump, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido) não havia se manifestado até o início da noite deste sábado.

Continua após publicidade

Barack Obama, ex-presidente do EUA

Continua após publicidade

Por meio de suas redes sociais, o ex-presidente dos EUA Barack Obama felicitou a vitória do Joe Biden e Kamala Harris, a quem chamou de “amigos”

Bernie Sanders, senador norte-americano

Ex-candidato à presidência Bernie Sanders parabenizou o novo presidente nesta eleição que chamou de histórica e propôs que o novo governo dê continuidade para políticas voltadas para todos e não apenas para alguns.

Emmanuel Macron, presidente da França

Macron, que teve teve divergências com Trump relacionadas a temas sobre a pandemia do novo coronavírus, felicitou o novo presidente estadunidense, afirmando que terão que trabalhar juntos para superar os desafios atuais.

Ângela Merkel, chanceler da Alemanha

Em nota oficial, a mandatária alemã felicitou o resultado das eleições, em especial Kamala Harris, por ser a primeira mulher a ocupar o cargo de vice-presidenta no país norte-americano.

Boris Johnson, primeiro ministro do Reino Unido

Em anúncio oficial, o primeiro ministro Boris Johnson deu parabéns aos vencedores da eleição nos EUA e destacou que o país é o principal aliado do governo britânico

Alberto Fernández, presidente da Argentina

Em sua publicação no Twitter, o presidente argentino parabenizou os Estados Unidos pela grande adesão às urnas:

Sebastian Piñera, presidente do Chile

O presidente chileno congratulou a vitória de Joe Biden e Kamala Harris, destacando que possuem em comum a defesa da liberdade e dos direitos humanos. 

Luis Lacalle Pou, presidente do Uruguai

O recém eleito presidente uruguaio felicitou Joe Biden, por meio de suas redes sociais, afirmando que busca fortalecer laços com o novo presidente norte americano.

Evo Morales, ex-presidente da Bolívia

O ex-presidente da Bolívia Evo Morales comentou o resultado das eleições estadunidenses afirmando por meio de suas redes sociais que a derrota de Trump é a derrota das políticas racistas e fascistas

Lula, ex-presidente do Brasil

O ex-presidente Lula, em publicação compartilhada em suas redes sociais, afirmou que a vitória de Biden significa um alívio para o mundo e que espera que o governo do novo presidente seja pautado pela defesa global dos valores humanistas.

Flávio Dino, governador do Maranhão

Em sua conta do Twitter, o governador maranhense felicitou a vitória de Biden e afirmou que resultado enfraquece a corrente política que defende a violência e o negacionismo científico no mundo.

Edição: Geisa Marques