Cenário pós eleição

Enquanto problemas de Curitiba se agravam, Greca é reeleito com 60% dos votos válidos

Pandemia volta a bater recordes na cidade e rodízio de água é mantido

Curitiba (PR) |
Número de casos ativos, nesta semana, chegou ao segundo maior da série histórica - Giorgia Prates

Na semana em que o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), foi reeleito com cerca de 60% dos votos válidos, a cidade volta a registrar recordes de caso de covid-19 e a manutenção do rodízio de abastecimento de água.

Continua após publicidade

Vendida como cidade modelo, a capital paranaense tem, na realidade, cerca de 10% da população vivendo em ocupações irregulares, afetada fortemente pela covid-19 e pela falta de água, com muitas casas sem caixa d'água ou sequer um banheiro. Entre loteamentos irregulares, loteamentos clandestinos e favelas são cerca de 60 mil domicílios praticamente esquecidos pela atual gestão da prefeitura. 

Continua após publicidade

Covid-19

Continua após publicidade

Na terça-feira (17), Curitiba registrou 879 confirmações de infectados pela covid-19, o maior número desde o início da pandemia. Os casos ativos, de pessoas confirmadas com coronavírus e que têm potencial de transmissão, também são o segundo maior da série histórica, com 7.449. Só ficando atrás de 26 de julho, ápice da primeira onda do vírus.

Continua após publicidade

Apesar da aparente segunda onda que atinge a capital paranaense, com aumento na ocupação dos hospitais, a prefeitura, até o momento, não tomou novas medidas de controle da pandemia ou de isolamento social. Comércio em geral, shoppings, academias, entre outras atividades, funcionam quase normalmente.

Prevendo lotação dos hospitais, o único movimento da Secretaria de Saúde da capital foi anunciar, no dia 16, “a suspensão temporária das cirurgias eletivas, aquelas que não são urgentes”. Mas, contraditoriamente, um dia depois, autorizou o retorno de crianças às aulas em escolas particulares.

Rodízio critico

Além dos números da covid-19, a população enfrenta ainda problemas no abastecimento de água. A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) informou, na última quarta-feira (18), que os reservatórios que mantêm a região estão com 29% de sua capacidade. Caso fiquem abaixo de 25%, começará rodízio mais severo, com 24 horas com água e 48 horas sem.

O alívio que curitibanos e habitantes da Região Metropolitana tiveram no dia da eleição, com a suspensão do rodízio de água, só durou as 24 horas do domingo. Na segunda (16), foi retomada a suspensão do abastecimento.

Resultado da eleição

A vitória de Greca já era esperada pelos resultados das pesquisas, e a concorrência acabou sendo para ver quem chegava em segundo lugar entre o candidato do PDT, o deputado estadual Goura, e o deputado Fernando Francischini, (PSL), da base bolsonarista. Goura ficou com 13,26% dos votos e Francischini, com  6,26%.

Leia também: Em Curitiba, bancada de vereadores do PT cresce em quantidade e representatividade 


Vendida como cidade modelo, Curitiba tem cerca de 10% da população vivendo em ocupações irregulares, afetados fortemente pela Covid-19 e pela falta de água / Giorgia Prates

Fonte: BdF Paraná

Edição: Rebeca Cavalcante e Frédi Vasconcelos