Eleições 2020

Cinco cidades do Rio Grande do Sul têm 2º turno das eleições municipais

Confira as cidades, os candidatos e as recomendações para votar neste domingo

Brasil de Fato | Porto Alegre (RS) |

Ouça o áudio:

O segundo turno das eleições municipais do Brasil ocorrem neste domingo (29) - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Cinco cidades do Rio Grande do Sul disputarão, hoje (29), o segundo turno das eleições municipais: Porto Alegre, Canoas, Caxias do Sul, Santa Maria e Pelotas. Confira quais candidatos disputam nestas cidades.

As cidades e os candidatos

Porto Alegre: A Capital terá uma disputa acirrada entre Sebastião Melo (MDB) e Manuela D’Ávila (PCdoB). Na parte da manhã, ambos os candidatos tiveram encontros com aliados.

Melo terminou o primeiro turno com cerca de 13 mil votos à frente da sua adversária, porém, as últimas pesquisas eleitorais divulgaram intenções de voto muito próximos ao empate técnico, inclusive com uma pesquisa do Ibope apontando uma virada da candidata do PCdoB.

Na tarde de ontem (28), foi divulgada nas redes sociais de Sebastião Melo uma pesquisa do Instituto DataFolha com uma pequena vantagem do candidato do MDB. Porém, no mesmo dia, o próprio Instituto negou ter realizado tal levantamento: a pesquisa era, portanto, falsa.

Leia também: No RS, TRE derruba mais de 500 mil compartilhamentos de notícias falsas sobre Manuela

No último dia de campanha, Manuela realizou atividade no bairro Restinga: "Foi uma linda caminhada, ouvimos pessoas de todos os cantos da cidade, nos reunimos com diversas entidades, associações, sindicatos, empresários, pessoas do povo, das comunidades, e construímos um projeto consistente para mudar Porto Alegre. Por muitos anos vimos o descaso e o abandono na nossa cidade e não podemos mais aceitar essa realidade. Queremos devolver Porto Alegre para as pessoas."


Foto de agenda de Manuela, nesta manhã (29), com aliados / Divulgação

Canoas: A disputa na cidade da região metropolitana de Porto Alegre ficou entre Jairo Jorge (PSD) e Luiz Carlos Busato (PTB). Jorge já foi prefeito da cidade e tem como vice Dr. Nedy, na coligação "AMO Canoas", reunindo os partidos PSD, Solidariedade, Avante, PV, PSB, PODE, Patriota. O candidato encerrou a campanha em carreata nos bairros Rio Branco e Guajuviras. Já seu oponente, Busato, tem como vice Dario Silveira, e encerrou a campanha também disputando votos em carreata no Guajuviras.

Caxias do Sul: A maior cidade e maior colégio eleitoral do interior terá disputa entre Pepe Vargas (PT) e Adiló Didomenico (PSDB). Os candidatos tentam reverter o cenário de quase um terço de abstenção. Vargas, que já foi prefeito por dois mandatos consecutivos, terminou a campanha em carreata pela cidade e divulgou vídeo afirmando: "Falta pouco para você decidir que cidade quer para os próximos anos. Uma cidade unida e administrada com experiência, trabalho, projetada para os novos tempos, ou a mesma Caxias dos últimos tempos. A decisão é tua".

::Esquerda garante presença no segundo turno em três das cinco maiores cidades do RS::

Adiló também terminou a campanha em evento público, contando com a presença de deputados de seu partido, juntamente com sua vice: "Estamos finalizando esse segundo turno com a cabeça erguida. Em meu nome e da minha vice Paula Ioris, nosso mais sincero muito obrigado!", afirmou.

Pelotas: Na cidade do sul do estado, Paula Mascarenhas (PSDB) e Ivan Duarte (PT) disputam a preferência do eleitorado. Paula, que é a atual prefeita, passou para o segundo turno com a vantagem: teve cerca de 70 mil votos, enquanto Ivan teve cerca de 22 mil. Ivan Duarte, que é vereador à sete mandatos consecutivos, disputa a prefeitura pela primeira vez.

Santa Maria: A cidade do centro do estado escolheu Sergio Cecchim (PP) e Pozzobom (PSDB) para disputarem o segundo turno. A disputa apresenta uma peculiaridade em relação às outras cidades, pois, atualmente, Cecchim é o vice prefeito de Pozzobom, atual prefeito da cidade.

Em Santa Maria houve um rompimento de laços entre os dois, levando-os à disputa de 2020 em lados opostos. Cecchim foi para o segundo turno com uma pequena vantagem de cerca de 2 mil votos.

Recomendações para votar

  • Antes de sair de casa, confira seu local de votação e zona eleitoral. É possível fazer isso no site do TSE;

  • Leve documento oficial com foto (RG ou CNH, são exemplos dos mais comuns);

  • Precauções relativas à pandemia: vá de máscara e use-a o tempo todo. Se possível leve sua caneta. Mantenha distância das outras pessoas no local de votação e evite ir acompanhado de muitas pessoas. Limpe as mãos, de preferência com álcool gel, antes e depois de votar, e fique no local de votação apenas o tempo necessário;

  • Horário das 7h às 10h é preferencial para quem tem mais de 60 anos.

Fonte: BdF Rio Grande do Sul

Edição: Katia Marko e Rebeca Cavalcante