AOS 80 ANOS

Sambista Ubirany, do Fundo de Quintal, morre vítima da covid-19 no RJ

Cantor introduziu o repique de mão no samba brasileiro; grupo lamentou falecimento em nota

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |

Ouça o áudio:

Compositor é mais uma vítima da pandemia do novo coronavírus, que já tirou a vida de mais de 179 mil brasileiros - Foto: Marcelo Lacerda/PCR

Ubirany Félix Do Nascimento, sambista do grupo Fundo de Quintal, morreu em decorrência da covid-19 nesta sexta-feira (11) no Rio de Janeiro. Ubirany tinha 80 anos e estava internado em um hospital carioca em decorrência de complicações da doença respiratória.

O cantor introduziu o repique de mão no samba brasileiro, instrumento que se tornou marca registrada do grupo de samba que fundou na década de 1970. Ubirany era considerado um afilhado musical de Beth Carvalho. 

A morte foi informada por comunicado divulgado pelo grupo, referência no pagode e no samba. Segundo a nota, a assessoria informará, posteriormente, informações sobre o velório e sepultamento do compositor. 
 

 

A cantora Tereza Cristina lamentou a morte de Ubirany em sua conta oficial do Twitter.

 

Edição: Leandro Melito