Assista

Bolsonaro e Ricardo Barros devem ser indiciados pela CPI, diz Randolfe ao BdF

Parlamentar fala sobre imbróglio envolvendo seleções de Brasil e Argetina e sobre a CPI da Pandemia

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |

Ouça o áudio:

Randolfe Rodrigues também falará sobre as manifestações da próxima terça-feira (7) - Jefferson Rudy/Agência Senado

Relator da CPI da Covid, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) é entrevistado ao vivo, pelo Brasil de Fato, nesta segunda-feira (6). Os trabalhos da comissão estão em fase final e os parlamentares, após investigação que se aproxima de cinco meses, devem elaborar a lista de indiciados.

Continua após publicidade

Também esta na pauta da entrevista o imbróglio envolvendo a suspensão da partida entre Brasil e Argentina, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Quatro jogadores argentinos entraram no país omitindo que passaram pelo Reino Unido, o que os obrigaria a cumprir uma quarentena em solo brasileiro. O caso pode parar na CPI.

Randolfe Rodrigues também falará sobre as manifestações da próxima terça-feira (7), quando ativistas pró e contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sairão às ruas. Alguns atos devem defender pautas antidemocráticas, como o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF).

Edição: Leandro Melito