câmera filmou tudo

Esquadrão Antibombas entra na busca de autor de atentado ao consulado da China no Rio

Homem, vestindo abrigo esportivo escuro, usando máscara e boné pretos atirou o explosivo e saiu correndo na última 5ª

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |
Imagem de câmera de segurança mostra homem que atirou a bomba no consulado chinês na noite da última quinta-feira (16), no Rio de Janeiro - Reprodução

A Polícia Civil está à procura do homem que jogou uma bomba contra a sede do consulado da China no Rio de Janeiro. O atentado ocorreu na noite de quinta-feira (16) e foi gravado por câmeras de segurança do consulado.

Continua após publicidade

O homem, vestindo abrigo esportivo escuro, usando máscara e boné pretos, vem caminhando pela calçada em frente a representação diplomática, que fica no bairro de Botafogo, na zona sul da cidade. Rapidamente, ele acende o artefato e o lança sobre o muro. Em seguida, ele sai correndo e a bomba explode.

Continua após publicidade

::Ataques de Bolsonaro à China atrasam ainda mais a vacinação no Brasil, critica médico::

Continua após publicidade

A ocorrência está a cargo da 10ª Delegacia de Polícia (Botafogo), muito embora tenha sido apresentada inicialmente à Polícia Federal.

Continua após publicidade

"Exames periciais foram realizados pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) e pelo Esquadrão Antibomba. Agentes requisitaram e analisam imagens de câmeras de monitoramento que registraram a ação para identificar o autor. Testemunhas estão sendo ouvidas. As investigações estão em andamento”, informou, em nota, a Polícia Civil. No local, foram recolhidos fragmentos da bomba.

O consulado e a embaixada da China foram procurados para se pronunciarem sobre o atentado, mas ainda não se manifestaram.

* Com informações da Agência Brasil

Edição: Vinícius Segalla