Na mira do Senado

Relatório final da CPI da Covid deve ser votado em 20 de outubro, segundo Omar Aziz

O presidente da comissão leu o calendário de encerramento na manhã desta quinta (30)

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |

Ouça o áudio:

Da esquerda à direita: relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL), o presidente Omar Aziz (PSD-AM) e o vice-presidente Randolfe Rodrigues (Rede-AP) - Leopoldo Silva/Agência Senado

O relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, do senador Renan Calheiros (MDB-AL), deve ser votado pelos integrantes da comissão no dia 20 de outubro. Segundo o presidente da CPI, o senador Omar Aziz (PSD-AM), essa será a data de encerramento dos trabalhos, caso não surja nenhum fato relevante até lá.

Continua após publicidade

A leitura do calendário de encerramento foi sugerida na manhã desta quinta-feira (30), antes do depoimento do empresário bolsonarista Otávio Fakhoury, suspeito de financiar a propagação de notícias falsas sobre a pandemia de covid-19.

De acordo com o presidente, na próxima terça-feira (5), os senadores irão ouvir Carlos Alberto Sá, dono da VTCLog, que está sob investigação na CPI por suspeita de esquema de propina e superfaturamento, em contratos para o transporte de vacinas contra a covid-19.

Na quarta (6), um dos 12 médicos que acusam a operadora Prevent Senior de pressionar seus funcionários para utilizarem o tratamento precoce com o kit covid em seus pacientes. 

::Prevent Senior na CPI: fraudes em atestado de óbito, tratamento precoce e gabinete paralelo::

No dia seguinte (7), os parlamentares devem escutar a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) sobre o caso da Prevent Senior.

Com isso, o relator terá pouco mais de uma semana para finalizar o relatório, que será apresentado no dia 19 de outubro e votado no dia seguinte.
 

Edição: Anelize Moreira