"Fora, Genocida"

Tempero da Notícia: escândalo Prevent Sênior expõe política de Bolsonaro e o povo volta às ruas

Na análise da semana, Rodrigo Vianna destaca as ações de movimentos populares e os desdobramentos da CPI da covid

Ouça o áudio:

Rodrigo Vianna é jornalista desde 1990. Durante sua trajetória, já passou pela Folha de S. Paulo, TV Cultura, Globo e Record - Willians Campos
Será que a CPI devia ter ouvido Luciano Hang?

Tempero da Notícia, produzido pelo Brasil de Fato, traz nesta edição a análise de Rodrigo Vianna sobre os desdobramentos desta semana da CPI da covid, que "escancarou a relação da Prevent Sênior com a política da morte do governo Bolsonaro" e a temperatura que aumenta no país e leva, mais uma vez, o povo para as ruas nesse 2 de outubro.

::Oposição aposta em protestos do dia 2 de outubro para barrar reformas de Bolsonaro::

Continua após publicidade

O jornalista comenta sobre os depoimentos da advogada Bruna Morato, que representa médicos que denunciaram o plano de saúde e confirmaram práticas abusivas da empresa, uso do "kit covid", pressão sobre os médicos, entre outras ilegalidades, além do depoimento do empresário Luciano Hang.

"Luciano Hang deu um show de horrores. Há avaliação de que a CPI errou ao dar palco para o bobo da corte de Bolsonaro", avalia Vianna.

Também na Receita da Semana, a resposta dos movimentos populares. O Levante Popular da Juventude manchou de vermelho a fachada da Prevent Sênior, em São Paulo, em protesto às práticas ilegais apontadas pela CPI da covid e em memória das vítimas do “kit covid”, que teria sido usado clandestinamente pela empresa, com medicamentos sem comprovação científica no tratamento da doença. 

::Manifestação contra Bolsonaro em São Paulo terá 21 partidos, incluindo MDB, DEM e PSL::

Em Brasília, outro ato foi destaque do jornalista, a realização de uma manifestação símbolica do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), em frente à "suspeita" mansão do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), contra a fome e a miséria, que atinge a quase 60% da população brasileira, segundo dados do grupo de pesquisa Alimento para Justiça: Poder, Política e Desigualdades Alimentares na Bioeconomia.

Não à toa, também no comentário político do programa, aparece outra imagem que marcou a semana: pessoas na Zona Sul do Rio de Janeiro recolhem restos de ossos e carcaças para se alimentar. Ao mesmo tempo, a elite e a midia corporativa tentam encontrar um nome para ser a terceira via nas eleições de 2022 enquanto Lula segue na frente em todas as pesquisas de intenção de voto..

::Bolsonaro bate recorde de rejeição, segundo pesquisas dos institutos Ipespe e PoderData;;

Ainda no ambiente da CPI, o Cafezinho vai para o senador Fabiano Contarato (Rede-ES), titular da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid, que durante depoimento do empresário bolsonarista Otávio Fakhoury, tomou a palavra para se defender de uma ofensa homofóbica feita pelo depoente em rede social.

Na Sobremesa, uma dica de série na Netflix, que mostra disputas entre o protagonismo econômico entre a Ásia e o Ocidente: Marco Polo.

Onde ouvir e assistir

O programa vai ao ar todas as sextas-feiras, às 20h30, no Youtube do Brasil de Fato e na TVT, no canal 44.1 – sinal digital HD aberto na Grande São Paulo e canal 512 NET HD-ABC.

Moradores do estado de São Paulo podem acompanhar o programa pela Rádio Brasil Atual (98,9 FM na Capital Paulista e 93,3 FM na Baixada Santista), nos mesmos horários. 

As edições também estão disponíveis nas plataformas de podcasts e podem ser escutadas no DeezerSpotifyGoogle PodcastsItunes e Pocket Casts.

Edição: Isa Chedid