OUÇA E ASSISTA

Trabalhadores da enfermagem pressionam Congresso pela aprovação do Piso Nacional

Projeto, que está travado na Câmara dos Deputados, pode ser votado na quarta-feira, dia 04 de Maio

Ouça o áudio:

Categoria tem se mobilizado em diversos estados em defesa do Piso Nacional - Sinfemp
Fazemos reuniões semanais com deputados e senadores para tratar da aprovação do piso salarial

Congresso Nacional deve colocar em votação no próximo dia 4 de maio a Lei do Piso Nacional para a Enfermagem. O assunto está mobilizando sindicatos, entidades e organizações de profissionais da Saúde de todo o território nacional.

Para falar sobre esse assunto, a Entrevista Central desta quinta-feira, 28, do programa Central do Brasil, conversa com o presidente do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo(Coren-SP), James Francisco. Ele fala sobre toda a articulação da categoria para pressionar os parlamentares pela aprovação do projeto 

“Estamos em um momento extremamente importante de mobilização. Toda a enfermagem está mobilizada e hoje nós temos uma ação direta dos Conselhos Regionais e Conselho Nacional de Enfermagem junto às entidades sindicais e aos Fóruns para fazer com que todos os profissionais da enfermagem estejam vinculados a essa mobilização de forma conjunta”, analisou.

James também explica que a categoria tem realizado reuniões e encontros frequentes com diversos parlamentares. “Fazemos reuniões semanais com deputados e senadores para tratar da aprovação do piso salarial. O COREN-SP fez um abaixo assinado, em que entregamos mais de cento e oitenta mil assinaturas aos deputados. Já temos a grande maioria a favor do piso e também fomos buscar aqueles que ainda se opõem a aprovação”.

 E tem mais!

O Embarque Imediato traz a mobilização dos trabalhadores da Educação do Amazonas para os atos do dia 1° de maio com uma mensagem da presidenta do Sinteam, Ana Cristina Rodrigues. 

Já o Trilhos do Brasil mostra a iniciativa de coletivos de Pernambuco com a criação de um mapa de mídia independente. O site mapeia iniciativas de comunicação feitas por comunicadores populares e que estão na periferia do estado. 

E para finalizar a edição, a Parada Cultural indica o 1º encontro de contação de histórias à beira rio, no Centro de Convenções de Pirapora, em Minas Gerais. O projeto, que foi idealizado e coordenado por Maria Vargas, tem o objetivo de incentivar a cultura local entre crianças e adolescentes de escolas públicas municipais e estaduais. 

O Central do Brasil é exibido de segunda a sexta-feira, às 19h45, pela TVT-SP, emissoras públicas e comunitárias de todo país e pelo Brasil de Fato nas redes sociais.

Sintonize!

Para acompanhar o Central do Brasil, basta sintonizar a TVT em uma antena digital, interna ou externa. Na grande São Paulo, o canal é o 44.1 (sinal digital HD aberto); na NET o canal é o 512 (NET HD-ABC); no UHF, a sintonia é 46; 13 na NET-Mogi; e Canal 12 na Vivo São Caetano do Sul.

A sintonia da Rádio Brasil Atual é 98,9 FM na Grande São Paulo. Também é possível acompanhar a programação radiofônica pelo site do Brasil de Fato.

Quem está fora de São Paulo, pode sintonizar a TVT com a parabólica, via satélite. É necessário direcionar a antena para StarOne C3 Freq: 3973 Mhz Pol: Vertical, DVB-s2; SR: 5000 FEC ¾. Confira mais informações neste link.


Dados da menor estação receptora
Antena: Embrasat modelo RTM 2200Std
Focal-Point
Diâmetro 2,2m
Ganho de recepção no centro do Feixe (Dbi) 37,5
G/T da estação (dB/K) 18,4
 

Edição: Afonso Bezerra