tecnologia

Programa Bem Viver apresenta plataforma digital que articula comunidades pesqueiras do país

Iniciativa usa tecnologia da informação fortalecer troca de saberes entre os chamados povos das águas do Brasil

Ouça o áudio:

Durante a pandemia de covid-19, comunidades pesqueiras criaram rede para troca de experências - Foto: Tania Rego/Agência Brasil
Hoje é o dia do pau-brasil, data que reforça importância da preservação ambiental

Uma estratégia que une tecnologia e saberes tradicionais está mudando para melhor o dia a dia de comunidades ribeirinhas e caiçaras do país. Trata-se de plataforma digital gerida por pescadores artesanais para fortalecer articulações e trocas de experiências.

Criada durante a pandemia de covid-19, a iniciativa usa tecnologia da informação fortalecer intercâmbios de conhecimentos entre os chamados “povos das águas” do Brasil.

Para saber mais sobre a plataforma, a edição de hoje (3) do Programa Bem Viver conversa com o pescador artesanal Clarindo Pereira dos Santos, que mora na cidade de Buritizeiro em Minas Gerais, às margens do Rio São Francisco.

Violência de gênero

Ontem (2) foi realizada a 13ª Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia na Paraíba. O ato tomou conta das ruas do município de Solânea, a 135 quilômetros de João Pessoa.

Neste ano, as mobilizações denunciam os impactos negativos da implantação de parques eólicos em comunidades de famílias agricultoras.

A manifestação contou com a participação de pelo menos três mil pessoas, em sua maioria mulheres agricultoras e integrantes de movimentos e de luta camponesa, sindical e feminista.

Pau Brasil

Hoje é o dia do pau-brasil, data que homenageia a árvore que inspirou o nome do país e reforça a importância da reservação ambiental. As comemorações incentivam projetos de reflorestamento e conscientização ambiental.

Em Itamaraju, no sul Bahia, o Assentamento Pau Brasil implanta diversas ações para conservar e preservar da biodiversidade da Mata Atlântica.


Confira como ouvir e acompanhar o Programa Bem Viver / Brasil de Fato

Sintonize

O programa Radinho BdF vai ao ar às quartas-feiras, das 9h às 9h30, na Rádio Brasil Atual. A sintonia é 98,9 FM na Grande São Paulo e 93,3 FM na Baixada Santista. A edição também é transmitida na Rádio Brasil de Fato, às 9h, que pode ser ouvida no site do BdF.

Em diferentes dias e horários, o programa também é transmitido na Rádio Camponesa, em Itapeva (SP), e na Rádio Terra HD 95,3 FM.

Assim como os demais conteúdos, o Brasil de Fato disponibiliza o Radinho BdF de forma gratuita para rádios comunitárias, rádios-poste e outras emissoras que manifestarem interesse em veicular o conteúdo. Para fazer parte da lista de distribuição, entre em contato pelo e-mail: [email protected]

Edição: Sarah Fernandes