meio ambiente

Nos 10 anos do Código Florestal, Programa Bem Viver analisa papel da lei na proteção ambiental

Legislação não foi totalmente colocada em prática e enfrenta diversos obstáculos para ser efetivada

Ouça o áudio:

Desmatamento tem crescimento no país, ano a ano - Paulo Pereira/Greenpeace
Código estabelece normas para proteção da vegetação nativa em áreas rurais

O polêmico Código Florestal brasileiro completa 10 anos sem ter sido totalmente colocado em prática e enfrentando diversos obstáculos para ser efetivado. A lei estabelece normas para proteção da vegetação nativa em áreas rurais do país.

O Código foi alvo de protestos por parte de movimentos de defesa do meio ambiente durante seu processo de elaboração, em 2012, mas hoje é entendido como um mecanismo para ajudar a reverter os altos índices de devastação ambiental do país.

Em uma década, o país retrocedeu na preservação da flora e fauna, segundo avaliação da secretária executiva do Observatório do Código Florestal, Roberta del Giudice, entrevistada na edição de hoje (25) do Programa Bem Viver.

“Era [em 2012] um cenário em que tínhamos uma ministra do meio ambiente [Izabella Teixeira] que era uma técnica. Hoje temos um cenário em que temos falta de diálogo e planejamento”, disse.

Alta no preço dos alimentos

O aumento descontrolado no preço dos alimentos tem impactado diariamente a vida da maioria da população brasileira. É cada vez mais comum ouvir relato de pessoas que deixaram de comprar determinados itens da cesta básica por não ter dinheiro para pagar a conta.

Mas o que acontece quando deixamos de consumir os nutrientes presentes em alimentos que deveriam fazer parte da dieta? O resultado são sentidos pelo corpo e os prejuízos à saúde podem se manifestar a médio e longo prazo.

Especialistas lembram que a parcela da população mais afetada é aquela que tem menor renda para suprir necessidades básicas de alimentação.

Lucrando com a dor

Enquanto famílias padecem com fome, um estudo apresentado no Fórum Econômico Mundial mostra que o mundo ganhou 573 novos bilionários durante a pandemia. O levantamento foi feito pela organização não governamental Oxfam e está reunido no relatório “Lucrando com a Dor”.

Segundo a publicação, os bilionários ficaram ainda mais ricos ganhando dinheiro com problemas enfrentados pela população pobre na pandemia. Na outra ponta, o estudo indica que a renda de 99% das pessoas caiu durante a crise da covid-19, já que 125 milhões de pessoas perderam seus empregos formais desde 2020.

O Fórum Econômico Mundial é um espaço de discussão entre os mais ricos, reconhecido por reunir os principais líderes empresariais do mundo em Davos, na Suíça. Neste ano, o ministro da Economia, Paulo Guedes, representa o governo brasileiro no evento, que termina nesta quinta-feira.


Confira como ouvir e acompanhar o Programa Bem Viver / Brasil de Fato

Sintonize

O programa Radinho BdF vai ao ar às quartas-feiras, das 9h às 9h30, na Rádio Brasil Atual. A sintonia é 98,9 FM na Grande São Paulo e 93,3 FM na Baixada Santista. A edição também é transmitida na Rádio Brasil de Fato, às 9h, que pode ser ouvida no site do BdF.

Em diferentes dias e horários, o programa também é transmitido na Rádio Camponesa, em Itapeva (SP), e na Rádio Terra HD 95,3 FM.

Assim como os demais conteúdos, o Brasil de Fato disponibiliza o Radinho BdF de forma gratuita para rádios comunitárias, rádios-poste e outras emissoras que manifestarem interesse em veicular o conteúdo. Para fazer parte da lista de distribuição, entre em contato pelo e-mail: [email protected]

Edição: Sarah Fernandes