SOLIDARIEDADE

Papo na Laje estreia nova temporada com episódio sobre cozinhas populares no Rio

Programa que vai ar nesta quinta (2) fala sobre dificuldade de manter projetos diante da alta no preço dos alimentos

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ) |
Novos episódios do programa feito por e para jovens vão ao ar no Youtube e na TV Comunitária do Rio de Janeiro toda quinta-feira, às 18h - Stefano Figalo/Papo na Laje

A nova temporada do programa Papo na Laje estreia nesta quinta-feira (2), às 18h, com um episódio inédito gravado na sede do Coletivo de Educação Popular e Libertária (CEPL), na favela Vila Parque da Cidade, Zona Sul do Rio de Janeiro. 

Leia mais: Com segunda temporada prevista para junho, Papo na Laje vai explorar novas linguagens

Na laje do projeto também funciona uma cozinha onde seis voluntários trabalham para levar uma refeição para pessoas em situação de vulnerabilidade na região central da cidade. Mais do que isso, Thiago Coutinho explica que a solidariedade é um princípio da educação popular.

“Hoje a gente trabalha na cozinha muito por conta da pandemia e a demanda que vem crescendo das quentinhas, sopinhas solidárias e o cafeto que é o café com afeto. A gente acredita que a educação popular é feita dessa maneira. Não basta afagar a fome do corpo. Tem a fome do espírito, da proximidade”, disse à apresentadora Dani Câmara.

Outra convidada do programa é Julia Nascimento, coordenadora do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) no Rio de Janeiro. Com a alta no preço dos alimentos, ela ressalta a dificuldade de abastecer as cozinhas desde a ida ao mercado até as campanhas de arrecadação. 

“A doação que valia uma coisa há dois anos atrás, rende outra coisa hoje. O preço do gás, dos alimentos básicos é um absurdo. Qualquer pessoa conhece alguém passando uma necessidade muito grande. Ao mesmo tempo que isso transforma as cozinhas em projetos mais necessários, também aumenta o desafio para elas se manterem de pé”, pontua.

As cozinhas solidárias do MTST no estado estão em Niterói, São Gonçalo, na região metropolitana, e na Lapa, bairro do centro do Rio. Esta última atende principalmente os trabalhadores ambulantes e camelôs. Fora da rotina nas ocupações, as cozinhas se tornaram um espaço de referência e mobilização em cada território.

No episódio, Julia e Thiago contam experiências de acolhimento, alfabetização e outras atividades que surgiram nas comunidades para além do combate à fome. 

O programa Papo na Laje é transmitido na TV Comunitária do Rio de Janeiro, canal 6 da NET, todas as quintas, às 18h e no canal do YouTube do programa. A partir desta temporada também será possível assistir em toda Grande São Paulo no canal aberto digital da TVT, às quintas, às 20h. 

Assista no Youtube:

 

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Clívia Mesquita