Ouça e assista

Central do Brasil: mais de 33 milhões de brasileiros estão passando fome

Renato Malf, da Rede Penssan é o convidado do Entrevista Central desta edição

Ouça o áudio:

Em todo Brasil, manifestantes denunciaram a volta da fome e o aumento do preço dos alimentos - Chokito/Divulgação
O nosso inquérito mostra claramente que a fome tem gênero, cor, raça, endereço e escolaridade

De acordo com dados do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, feito pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), 33,1 milhões de brasileiros passam fome hoje no país, o equivalente a 15,5% da população. 

Continua após publicidade

Para conversar sobre este cenário de avanço da fome e insegurança alimentar, o quadro Entrevista Central do programa Central do Brasil desta segunda-feira (13) abre a semana recebendo Renato Maluf, coordenador da Rede Penssan.

“Só conseguiremos combater a fome no Brasil a partir de ações integradas como transferência de renda, emprego, fortalecimento da agricultura familiar e outros fatores”, avalia.

Entre os mais vulneráveis, o pesquisador destaca as mulheres negras das periferias do Norte e Nordeste, o que mostra que a fome tem um recorte de gênero, raça e endereço. 

E mais!

Ainda na edição, você acompanha no Trilhos do Brasil como a população pobre pode ser afetada pelo Projeto de Lei (PL) 4188/2021, de autoria do governo de Jair Bolsonaro (PL), que permite penhora do único imóvel de famílias inadimplentes.

O editor do Boletim Ponto, Miguel Stédile, participa do Embarque Imediato e analisa como as elites brasileiras e o empresariado têm agido neste cenário de eleições.

Fechando o programa, a Parada Cultural indica o espetáculo “(In)Justiça", da Companhia de Teatro Heliópolis. A peça é um ensaio cênico que reflete sobre aspectos do sistema jurídico brasileiro, norteado pela indagação: o que os veredictos não revelam?

Sintonize!

Para acompanhar o Central do Brasil, basta sintonizar a TVT em uma antena digital, interna ou externa. Na grande São Paulo, o canal é o 44.1 (sinal digital HD aberto); na NET o canal é o 512 (NET HD-ABC); no UHF, a sintonia é 46; 13 na NET-Mogi; e Canal 12 na Vivo São Caetano do Sul.
A sintonia da Rádio Brasil Atual é 98,9 FM na Grande São Paulo. Também é possível acompanhar a programação radiofônica pelo site do Brasil de Fato.
Quem está fora de São Paulo, pode sintonizar a TVT com a parabólica, via satélite. É necessário direcionar a antena para StarOne C3 Freq: 3973 Mhz Pol: Vertical, DVB-s2; SR: 5000 FEC ¾. Confira mais informações neste link.

Dados da menor estação receptora
Antena: Embrasat modelo RTM 2200Std
Focal-Point
Diâmetro 2,2m
Ganho de recepção no centro do Feixe (Dbi) 37,5
G/T da estação (dB/K) 18,4

Edição: Raquel Setz