JUSTIÇA

Roberto Jefferson é transferido da sede da PF para presídio em Benfica

Previsão é de que o ex-parlamentar seja encaminhado para Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gericinó, no RJ

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ) |

Ouça o áudio:

Padre Kelmon, candidato derrotado à presidência da República pelo PTB, participou das negociações para a rendição de Jefferson - Foto: Divulgação/PTB

Na madrugada desta segunda-feira (24), por volta de 1h15, o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB) chegou ao presídio de Benfica, na zona Norte do Rio de Janeiro. 

Continua após publicidade

O presídio de Benfica não deve ser o destino final de Jefferson. A previsão é que o político seja transferido para Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona Oeste, ainda nesta segunda-feira.

Continua após publicidade

Violência

Continua após publicidade

O ex-presidente Nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) atacou a tiros e com granadas agentes da Polícia Federal que foram cumprir uma ordem judicial de prisão do político no município de Comendador Levy Gasparian, no interior do Rio, na manha do último domingo (23).
 
Jefferson se recusou a se entregar e a negociação para a sua rendição durou mais de oito horas e contou com a presença do candidato derrotado à presidência da República pelo PTB, Padre Kelmon.

Continua após publicidade

Leia mais: “E se eu, homem negro, recebesse a PF a balas?”: veja reações sobre caso de Roberto Jefferson

Além da prisão determinada por medida do STF, Roberto Jefferson também teve uma nova prisão em flagrante determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, por suspeita de tentativa de homicídio dos dois policiais federais como reação à ordem de prisão anterior. No episódio, dois policiais foram feridos por estilhaços de granadas jogadas pelo ex-deputado contra os agentes.

Ataque à imprensa

Durante a cobertura do caso, o repórter cinematográfico da Inter TV, afiliada da Rede Globo, Rogério de Paula, 59 anos, foi agredido com empurrões e chutes por apoiadores de Roberto Jefferson. O profissional sofreu um princípio de convulsão e precisou ser levado ao hospital. De Paula segue internado em observação no Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Três Rios.


Cinegrafista de afiliada da Globo é agredido por apoiadores de Roberto Jefferson e Bolsonaro durante cobertura jornalística / Foto: Reprodução/TV Globo

A equipe de TV informou que foi hostilizada por apoiadores do ex-deputado e do atual governo durante toda a cobertura, até que, por volta das 16h30, foi ameaçada por pessoas dizendo que “ficaria ruim” para os profissionais.

Em nota, a Inter TV destaca que “a agressão covarde ao cinegrafista Rogério de Paula é um atentado ao direito democrático de informar. Rogério, um profissional premiado e com mais de 30 anos de empresa, foi atingido pelas costas enquanto trabalhava. A Rede Inter TV, afiliada Globo, está dando todo o apoio ao seu profissional e vai buscar na Justiça a punição aos agressores”.
 

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Jaqueline Deister