INVASÃO NO DF

PT e líder do governo no Congresso protocolam à PGR pedido de intervenção no governo do DF

Criminosos invadiram as sedes dos três poderes neste domingo em Brasília (8)

Brasil de Fato | São Paulo (SP) | |
Cadeiras do Supremo Tribunal Federal (STF) destruídas por golpistas - Redes Sociais/Divulgação

A presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, e o líder do governo no Congresso Nacional, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), solicitaram a Procuradoria Geral da Republica intervenção federal na Segurança Pública de Brasília.

Continua após publicidade

O pedido é para que a área de segurança do Distrito Federal fique a cargo do governo federal e não mais do governo do DF, comandado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) e seu secretário de Justiça, Anderson Torres, ex-ministro da área na gestão Bolsonaro.

Gleisi e Randolfe também estão protocolando dois pedidos ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, um pedindo  a prorrogação do inquérito dos atos antidemocráticos e "o impedimento de posse e, em caso de posse, afastamento do Sr Anderson Torres, da Secretaria de Justiça do DF".

 

 

Os golpistas que depredam as sedes dos três Poderes neste domingo (8) em Brasília (DF) circulam em todos os andares do Palácio do Planalto. No STF, já foram arrancadas portas dos armários dos ministros onde ficam as suas togas.

Ibaneis Rocha, em comunicado à CNN, relatou que "o Exército é que devia ter acabado com os acampamentos mais cedo".

Edição: Glauco Faria