Luto

Cartunista Paulo Caruso morre aos 73 anos em São Paulo

Ele estava internado em SP há cerca de um mês; "Contribuiu com seu talento na luta pela democracia", disse Lula

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |
Paulo Caruso, em gravação do programa Roda Viva - Luiz Cervi - MDB Nacional

Morreu na manhã deste sábado (4), aos 73 anos, o cartunista Paulo Caruso. Ele estava internado no Hospital Nove de Julho, em São Paulo, há aproximadamente um mês para tratar de complicações decorrentes de um câncer no intestino.

Continua após publicidade

Também chargista, ilustrador e músico, Paulo José Hespanha Caruso nasceu na capital paulista, em 6 de dezembro de 1949, irmão gêmeo do também cartunista Chico Caruso. Cursou arquitetura na Universidade de São Paulo (USP), mas não chegou a exercer a profissão. 

Continua após publicidade

Como cartunista, trabalhou na revista Isto É, onde assinava a charge da semana com o título Avenida Brasil, na última página da publicação, e teve passagens por outros veículos como o Diário Popular, a revista Época e o jornal Folha de S. Paulo. Desenhava no programa Roda Viva, na TV Cultura, retratando in loco momentos das entrevistas realizadas. Como músico, foi fundador e fez parte da banda Conjunto Nacional.

Continua após publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por meio de seu perfil no Twitter, lamentou a perda. "Paulo Caruso foi um grande desenhista e cronista político, com uma criatividade inesgotável, retratou com talento e consciência o dia-a-dia que constrói nossa história recente. O seu traço veloz e seu humor já são parte da memória nacional", postou. "Contribuiu com seu talento na luta pela democracia e por um país com direito à liberdade de expressão. Meus sentimentos ao seu irmão, Chico, aos seus familiares, amigos e admiradores."

Continua após publicidade

:: Morre a compositora Sueli Costa, autora de grandes sucessos da música brasileira ::

Repercussão

Também no Twitter, diversas personalidades demonstraram pesar pela morte de Paulo Caruso. A cartunista Laerte Coutinho postou: "Paulo Caruso, querido, morreu. Grande herói do quadrinho brasileiro. Beijo, Paulo."

Parlamentares também expressaram seus sentimentos na rede social. Confira alguns tuítes.

Edição: Glauco Faria