Carnaval

Após suspeitas de irregularidades, governo confirma desfile de Escolas de Samba no DF

Evento acontecerá entre os dias 23 e 25 de junho no Sambódromo de Brasília

Brasil de Fato | Brasília (DF) |
Último desfile de escolas de Samba em Brasília ocorreu em 2014 - Alexandra Martins/Agência Brasil

Após o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) julgar improcedente ação que apontava irregularidades no processo para a contratação de empresas para a organização desfile das Escolas de Samba, a Secretaria de Cultura confirmou a realização do evento.

Continua após publicidade

A decisão de retomar com o processo para a realização do desfile foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (15) e segundo a Secretaria o evento ocorrerá entre os dias 23 e 25 de junho.

Inicialmente o evento estava previsto para acontecer entre os dias 21 e 22 de abril, como parte das comemorações dos 63 anos de Brasília. No entanto, o desfile foi adiado no início de abril em razão de questionamentos de irregularidades apontados pelo TCDF, após a representação da Aliança Brasiliense às Escolas de Samba do Distrito Federal (Abessa).

O principal questionamento era em relação ao pagamento sem contrapartidas de R$ 7 (sete) milhões à duas entidades contratadas: União das Escolas de Samba de Brasília (Uniesbe) e do Instituto Candango de Política Social e Economia Criativa (ICPEC).

De acordo com Secretaria de Cultura, foram apresentados ao TCDF esclarecimentos em relação a forma de contratação dessas empresas e a transferência única dos recursos sem contrapartidas, conforme previa no edital. 

Os desfiles devem acontecer no Sambódromo de Brasília e contará com uma estrutura para 13 agremiações dos grupos especial e de acesso. O último desfile de Escolas de Samba no Distrito Federal foi no ano de 2014.

O Brasil de Fato DF tentou entrou em contato com a Abessa para comentar o assunto, mas até o fechamento desta matéria a entidade não havia respondido.

:: Clique aqui para receber notícias do Brasil de Fato DF no seu Whatsapp ::

Fonte: BdF Distrito Federal

Edição: Flávia Quirino