'contra a boiada'

Manifesto contra esvaziamento de ministérios tem assinaturas de quase 800 entidades

Esvaziamento das pastas de Meio Ambiente e Povos Indígenas motiva reação de organizações da sociedade civil

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ) |

Ouça o áudio:

MP alterou estrutura definida por Lula para os Ministérios de seu Governo - Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Um grupo com nada menos que 790 entidades da sociedade civil entregou ao Congresso Nacional um manifesto contra um parecer da Comissão Mista que mudou a estrutura ministerial proposta pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), esvaziando as pastas de Meio Ambiente e dos Povos Indígenas.

Continua após publicidade

O texto, entregue nesta quinta-feira (25), chama as alterações propostas de "esquartejamento do meio ambiente", e pede que deputados e senadores revertam as mudanças. O parecer ainda precisa passar pelos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado. 

Continua após publicidade

Entre as entidades que assinam o documento estão representantes dos povos indígenas, movimentos populares, sociedades científicas, ONGs, entidades do setor privado e organizações corporativas. O manifesto está disponível aqui.

Continua após publicidade

Os signatários pedem atenção a alguns pontos específicos: retorno do Cadastro Ambiental Rural (CAR), do Sistema Nacional de Gestão de Recursos Hídricos (Singreh) e da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) ao Ministério do Meio Ambiente (MMA); bem como a volta das responsabilidades sobre demarcação de terras indígenas ao Ministério hoje comandado por Sonia Guajajara.

Continua após publicidade

"Não é de interesse de ninguém que esses erros prosperem. Contamos com o bom senso e o compromisso público dos deputados e senadores para reverter esses problemas", diz trecho do documento.

Edição: Rodrigo Durão Coelho