palestina

Israel intensifica bombardeios e faz incursões por terra a Gaza

Porta-voz militar israelense não confirmou se esse é o início da investida terrestre anunciada nesta sexta (27)

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |
Cidade de Gaza registra fumaça e fogo na noite desta sexta-feira, causados pelos bombardeios intensos de Israel - Yousef Hassouna / AFP

O exército israelense realizou incursões por terra na Faixa de Gaza na noite desta sexta-feira (27), após bombardear intensamente na região. As informações sobre os ataques são de difícil acesso, uma vez que serviços de telefone e de internet não estão funcionando. As informações são do jornal The New York Times.

Continua após publicidade

Um porta-voz do exército israelense, Nir Dinar, afirmou ao The New York Times que algumas tropas israelenses cruzaram a fronteira e se engajaram em combates dentro da Faixa de Gaza, mas não respondeu se a ação marcava o início da invasão por terra anunciada mais cedo

"Nossas tropas e tanques estão na Faixa de Gaza - estão atirando e operando. Mas as tropas e tanques estiveram em Gaza ontem  [quinta-feira (26)] também", afirmou. 

:: Comitê palestino pede cessar-fogo imediato e boicote a Israel: 'genocídio tem apoio de indústrias' ::

De acordo com a emissora Al Jazeera, O Hamas diz enfrentando as incursões terrestres em Gaza, destacando que o grupo está pronto para "frustrar" os avanços de Israel.

Os ovos ataques acontecem em meio a um esforço diplomático mundial para o oferecimento de ajuda humanitária para os civis em Gaza. A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou nesta sexta-feira uma "trégua humanitária" na Faixa de Gaza. A proposta recebeu voto favorável de 120 países, entre eles o Brasil, e somente 14 contrários, incluindo EUA e Israel. 

O resultado da votação isola EUA e Israel e coloca pressão nos dois países, que defendem a continuidade das operações militares israelenses na Faixa de Gaza. Sem considerar os ataques desta sexta-feira, as ações de já mataram mais de 7 mil palestinos – 3 mil deles crianças – desde o dia 7 de outubro.

Edição: Thalita Pires