programa bem viver

Brasil já passava por situação de insegurança alimentar grave antes da pandemia, aponta estudo

Pesquisa elabora pela Fian contesta argumento de que pandemia foi responsável por trazer a fome de volta ao país

Ouça o áudio:

MTST tem construído cozinhas solidárias desde 2021 para ajudar no combate à fome em comunidades e periferias do Recife - MTST Pernambuco
No período pré-pandemia já existia um contexto de desigualdade no campo da alimentação

A pandemia não pode ser a única explicação para o quadro atual de fome que o Brasil passa neste momento, afirma estudo realizado pela Fian Brasil.

Continua após publicidade

De acordo com os dados analisados pela instituição, especialmente entre 2017 e 2018, apontam que "no período pré-pandemia já existia um contexto de desigualdade no campo da alimentação considerável, especialmente nos lares chefiados por mulheres”, explica autora do trabalho, Veruska Prado Alexandre-Weiss, em entrevista a edição desta quinta-feira (2) do Bem Viver.

Continua após publicidade

:: Agronegócio favorece desequilíbrio ambiental e climático, diz pesquisador ::

Continua após publicidade

O trabalho Prato do Dia: Desigualdades. Raça, Gênero e Classe Social nos Sistemas Alimentares estava em produção desde 2022 e foi publicado em setembro deste ano e utilizou dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Continua após publicidade

Em julho deste ano, a Organização das Nações Unidas (ONU), afirmou que, no Brasil, existem 21 milhões de pessoas que não têm o que comer todos os dias e 70,3 milhões em insegurança alimentar.

De acordo com as Nações Unidas, o Brasil retornou ao Mapa da Fome no ano passado, depois de ter saído em 2014.

:: Agrotóxicos: aumento de morte de crianças por leucemia é associada à expansão da soja no Brasil ::

Segundo Prado, o foco do estudo foi mostrar "as iniquidades, que são as desigualdades injustas e produzidas pela sociedade, contribuem para as diversas violações do direito humano à alimentação e nutrição adequada vivenciadas por brasileiros e brasileiras", afirma.

Por conta disso, o trabalho focou em três recortes populacionais: raça, gênero e classe social.

Para a pesquisadora responsável pelo estudo, "a saída passa, certamente, em que nos sejamos mais assertivos e específicos nas nossas falas sobre quem tem que ter prioridade nesse processo de superar as desigualdades dos sistemas alimentares ou no campo da alimentação", explica a pesquisadora, referindo-se a mulheres negras chefes de família. 

:: Seca e chuva de granizo em Roraima: eventos extremos alertam para debate sobre crise climática ::

O estudo publicado em setembro faz parte de um projeto da Fian intitulado "Equidade e saúde nos sistemas alimentares". Segundo a entidade,  "a iniciativa foi pensada para contribuir com o debate sobre as desigualdades em todas as etapas do processo alimentar – como produção, comercialização, consumo –, bem como para seu enfrentamento".

Na semana passada, o governo lançou oficialmente a campanha Brasil sem Fome, que pretende tirar o país do Mapa da Fome até 2030. Foram apresentadas  80 ações e programas, com mais de 100 metas propostas pelos 24 Ministérios que compõem a Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional.


Confira como ouvir e acompanhar o Programa Bem Viver nas rádios parceiras e plataformas de podcast / Brasil de Fato

Sintonize


O programa Bem Viver vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 11h às 12h, com reprise aos domingos, às 10h, na Rádio Brasil Atual. A sintonia é 98,9 FM na Grande São Paulo.  

Em diferentes horários, de segunda a sexta-feira, o programa é transmitido na Rádio Super de Sorocaba (SP); Rádio Palermo (SP); Rádio Cantareira (SP); Rádio Interativa, de Senador Alexandre Costa (MA); Rádio Comunitária Malhada do Jatobá, de São João do Piauí (PI); Rádio Terra Livre (MST), de Abelardo Luz (SC); Rádio Timbira, de São Luís (MA); Rádio Terra Livre de Hulha Negra (RN), Rádio Camponesa, em Itapeva (SP), Rádio Onda FM, de Novo Cruzeiro (MG), Rádio Pife, de Brasília (DF), Rádio Cidade, de João Pessoa (PB), Rádio Palermo (SP), Rádio Torres Cidade (RS); Rádio Cantareira (SP); Rádio Keraz; Web Rádio Studio F; Rádio Seguros MA; Rádio Iguaçu FM; Rádio Unidade Digital ; Rádio Cidade Classic HIts; Playlisten; Rádio Cidade; Web Rádio Apocalipse; Rádio; Alternativa Sul FM; Alberto dos Anjos; Rádio Voz da Cidade; Rádio Nativa FM; Rádio News 77; Web Rádio Líder Baixio; Rádio Super Nova; Rádio Ribeirinha Libertadora; Uruguaiana FM; Serra Azul FM; Folha 390; Rádio Chapada FM; Rbn; Web Rádio Mombassom; Fogão 24 Horas; Web Rádio Brisa; Rádio Palermo; Rádio Web Estação Mirim; Rádio Líder; Nova Geração; Ana Terra FM; Rádio Metropolitana de Piracicaba; Rádio Alternativa FM; Rádio Web Torres Cidade; Objetiva Cast; DMnews Web Rádio; Criativa Web Rádio; Rádio Notícias; Topmix Digital MS; Rádio Oriental Sul; Mogiana Web; Rádio Atalaia FM Rio; Rádio Vila Mix; Web Rádio Palmeira; Web Rádio Travessia; Rádio Millennium; Rádio EsportesNet; Rádio Altura FM; Web Rádio Cidade; Rádio Viva a Vida; Rádio Regional Vale FM; Rádio Gerasom; Coruja Web; Vale do Tempo; Servo do Rei; Rádio Best Sound; Rádio Lagoa Azul; Rádio Show Livre; Web Rádio Sintonizando os Corações; Rádio Campos Belos; Rádio Mundial; Clic Rádio Porto Alegre; Web Rádio Rosana; Rádio Cidade Light; União FM; Rádio Araras FM; Rádios Educadora e Transamérica; Rádio Jerônimo; Web Rádio Imaculado Coração; Rede Líder Web; Rádio Club; Rede dos Trabalhadores; Angelu'Song; Web Rádio Nacional; Rádio SINTSEPANSA; Luz News; Montanha Rádio; Rede Vida Brasil; Rádio Broto FM; Rádio Campestre; Rádio Profética Gospel; Chip i7 FM; Rádio Breganejo; Rádio Web Live; Ldnews; Rádio Clube Campos Novos; Rádio Terra Viva; Rádio interativa; Cristofm.net; Rádio Master Net; Rádio Barreto Web; Radio RockChat; Rádio Happiness; Mex FM; Voadeira Rádio Web; Lully FM; Web Rádionin; Rádio Interação; Web Rádio Engeforest; Web Rádio Pentecoste; Web Rádio Liverock; Web Rádio Fatos; Rádio Augusto Barbosa Online; Super FM; Rádio Interação Arcoverde; Rádio; Independência Recife; Rádio Cidadania FM; Web Rádio 102; Web Rádio Fonte da Vida; Rádio Web Studio P; São José Web Rádio - Prados (MG); Webrádio Cultura de Santa Maria; Web Rádio Universo Livre; Rádio Villa; Rádio Farol FM; Viva FM; Rádio Interativa de Jequitinhonha; Estilo - WebRádio; Rede Nova Sat FM; Rádio Comunitária Impacto 87,9FM; Web Rádio DNA Brasil; Nova onda FM; Cabn; Leal FM; Rádio Itapetininga; Rádio Vidas; Primeflashits; Rádio Deus Vivo; Rádio Cuieiras FM; Rádio Comunitária Tupancy; Sete News; Moreno Rádio Web; Rádio Web Esperança; Vila Boa FM; Novataweb; Rural FM Web; Bela Vista Web; Rádio Senzala; Rádio Pagu; Rádio Santidade; M'ysa; Criativa FM de Capitólio; Rádio Nordeste da Bahia; Rádio Central; Rádio VHV; Cultura1 Web Rádio; Rádio da Rua; Web Music; Piedade FM; Rádio 94 FM Itararé; Rádio Luna Rio; Mar Azul FM; Rádio Web Piauí; Savic; Web Rádio Link; EG Link; Web Rádio Brasil Sertaneja; Web Rádio Sindviarios/CUT.  

A programação também fica disponível na Rádio Brasil de Fato, das 11h às 12h, de segunda a sexta-feira. O programa Bem Viver está nas plataformas: Spotify, Google Podcasts, Itunes, Pocket Casts e Deezer.  

Assim como os demais conteúdos, o Brasil de Fato disponibiliza o programa Bem Viver de forma gratuita para rádios comunitárias, rádios-poste e outras emissoras que manifestarem interesse em veicular o conteúdo. Para ser incluído na nossa lista de distribuição, entre em contato por meio do formulário.

Edição: Thalita Pires