CULTURA

RJ: Artista de rua é considerado patrimônio imaterial do estado

Nova lei, de autoria da deputada Verônica Lima (PT), irá aumentar o investimento público neste segmento artístico

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ) |
Lei foi publicada no Diário Oficial do estado do Rio nesta quarta-feira (29) - Foto: Fabio Pozzebom/Agência Brasil

Os artistas de rua passam a ser considerados patrimônio cultural imaterial do Rio de Janeiro. A lei 10.189/23 que autoriza a medida é de autoria da deputada Verônica Lima (PT) e foi sancionada pelo governador Cláudio Castro (PL). 

Continua após publicidade

:: "Lei do Artista de Rua" completa sete anos no Rio de Janeiro::

A nova lei, publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (29), autoriza que o Poder Executivo, por meio de seus órgãos competentes, apoie as iniciativas que visem à valorização e à divulgação do trabalho dos artistas de rua.

“Para além da individualidade do artista de rua, eles se inserem nos movimentos mais amplos que fazem da rua um lugar social e político, após décadas de declínio social e moral do espaço público. Retomando atividades artísticas neste espaço, busca-se romper com a indiferença e a tecnicidade ali presentes”, afirmou Verônica.

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Jaqueline Deister