Programa Bem Viver

Estudo aponta contradições em projetos de transição energética que mantêm modelo predatório

Propostas de mineração em larga escala e de grande impacto em comunidades seguem sendo a base da geração de energia

Ouça o áudio:

Insegurança alimentar, diminuição de recursos hídricos e da biodiversidade, destruição de sítios arqueológicos, são alguns dos impactos da instalação de usinas eólicas - Atlas Eólico e Solar/ Governo do Estado do Ceará
Esses projetos que são ditos verdes, a maioria são grandes projetos

Nesta segunda-feira (11), a Fundação Rosa Luxemburgo (FRL), em conjunto com o Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), está lançando o Mapeamento Crítico do Clima, com o objetivo de analisar criticamente propostas de transição energética apresentadas por empresas e governos para solucionar a crise climática global.  

Continua após publicidade

O estudo se concentra em alguns dos principais projetos de usinas eólicas, em terra e no mar, nos estados do Ceará e do Rio Grande do Sul. Também analisa projetos de mineração de lítio, cuja demanda pode aumentar em mais de 8.000% nos próximos anos. O mineral é considerado essencial na transição energética e usado na produção de baterias para carros elétricos, por exemplo.  

Continua após publicidade

Esse é um ponto de contradição na questão da transição energética, na avaliação de Elisangela Paim, coordenadora do Programa Energia e Clima para América Latina da Fundação Rosa Luxemburgo

Continua após publicidade

“É importante a gente ter muito presente que esses projetos que são ditos verdes, a maioria são grandes projetos, tem dimensões bastante impressionantes em termos de territórios e afetam as comunidades. Por trás de tudo que é dito de energia renovável, tem toda uma matriz fóssil e todo um processo de exploração mineral importante”, ressalta ela, em entrevista ao Programa Bem Viver. 

Continua após publicidade

Para ela, não está havendo um cuidado de aliar a transição energética com uma mudança de paradigma na exploração dos recursos naturais e no trato com comunidades que podem ser impactadas por essas ações. Projetos de ampliação de usinas eólicas, por exemplo, vêm impactando comunidades em vários estados brasileiros. E a mineração tende a se ampliar com a exploração de lítio e cobalto, por exemplo. Isso sem efetivamente ter havido uma redução no uso de combustíveis fósseis.  

“Aqui cabe até a gente pensar quanto de planeta ainda a gente tem para toda essa extração e tudo que está diretamente vinculado com os processos minerários, em termos de exploração da força de trabalho, quanto também a questão dos impactos, dos conflitos socioambientais que esses empreendimentos geram. A gente precisa reduzir o consumo e a produção de combustíveis fósseis no planeta. Na verdade, isso ainda não é uma realidade, isso é uma realidade no discurso, mas na prática a gente sabe que não existe. E aí entra essa questão do lítio, essa especulação e o aumento de materiais ou de produtos que são dependentes desse mineral”, aponta Paim.  

O estudo completo será apresentado hoje (11), a partir das 18h30, no auditório da Fundação Rosa Luxemburgo, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo.  

Confira a entrevista completa no Bem Viver desta segunda. 


Confira como ouvir e acompanhar o Programa Bem Viver nas rádios parceiras e plataformas de podcast / Brasil de Fato

Sintonize

O programa de rádio Bem Viver vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 11h às 12h, com reprise aos domingos, às 10h, na Rádio Brasil Atual. A sintonia é 98,9 FM na Grande São Paulo. A versão em vídeo é semanal e vai ao ar aos sábados a partir das 13h30 no YouTube do Brasil de Fato e TVs retransmissoras: Basta clicar aqui.

Em diferentes horários, de segunda a sexta-feira, o programa é transmitido na Rádio Super de Sorocaba (SP); Rádio Palermo (SP); Rádio Cantareira (SP); Rádio Interativa, de Senador Alexandre Costa (MA); Rádio Comunitária Malhada do Jatobá, de São João do Piauí (PI); Rádio Terra Livre (MST), de Abelardo Luz (SC); Rádio Timbira, de São Luís (MA); Rádio Terra Livre de Hulha Negra (RN), Rádio Camponesa, em Itapeva (SP), Rádio Onda FM, de Novo Cruzeiro (MG), Rádio Pife, de Brasília (DF), Rádio Cidade, de João Pessoa (PB), Rádio Palermo (SP), Rádio Torres Cidade (RS); Rádio Cantareira (SP); Rádio Keraz; Web Rádio Studio F; Rádio Seguros MA; Rádio Iguaçu FM; Rádio Unidade Digital ; Rádio Cidade Classic HIts; Playlisten; Rádio Cidade; Web Rádio Apocalipse; Rádio; Alternativa Sul FM; Alberto dos Anjos; Rádio Voz da Cidade; Rádio Nativa FM; Rádio News 77; Web Rádio Líder Baixio; Rádio Super Nova; Rádio Ribeirinha Libertadora; Uruguaiana FM; Serra Azul FM; Folha 390; Rádio Chapada FM; Rbn; Web Rádio Mombassom; Fogão 24 Horas; Web Rádio Brisa; Rádio Palermo; Rádio Web Estação Mirim; Rádio Líder; Nova Geração; Ana Terra FM; Rádio Metropolitana de Piracicaba; Rádio Alternativa FM; Rádio Web Torres Cidade; Objetiva Cast; DMnews Web Rádio; Criativa Web Rádio; Rádio Notícias; Topmix Digital MS; Rádio Oriental Sul; Mogiana Web; Rádio Atalaia FM Rio; Rádio Vila Mix; Web Rádio Palmeira; Web Rádio Travessia; Rádio Millennium; Rádio EsportesNet; Rádio Altura FM; Web Rádio Cidade; Rádio Viva a Vida; Rádio Regional Vale FM; Rádio Gerasom; Coruja Web; Vale do Tempo; Servo do Rei; Rádio Best Sound; Rádio Lagoa Azul; Rádio Show Livre; Web Rádio Sintonizando os Corações; Rádio Campos Belos; Rádio Mundial; Clic Rádio Porto Alegre; Web Rádio Rosana; Rádio Cidade Light; União FM; Rádio Araras FM; Rádios Educadora e Transamérica; Rádio Jerônimo; Web Rádio Imaculado Coração; Rede Líder Web; Rádio Club; Rede dos Trabalhadores; Angelu'Song; Web Rádio Nacional; Rádio SINTSEPANSA; Luz News; Montanha Rádio; Rede Vida Brasil; Rádio Broto FM; Rádio Campestre; Rádio Profética Gospel; Chip i7 FM; Rádio Breganejo; Rádio Web Live; Ldnews; Rádio Clube Campos Novos; Rádio Terra Viva; Rádio interativa; Cristofm.net; Rádio Master Net; Rádio Barreto Web; Radio RockChat; Rádio Happiness; Mex FM; Voadeira Rádio Web; Lully FM; Web Rádionin; Rádio Interação; Web Rádio Engeforest; Web Rádio Pentecoste; Web Rádio Liverock; Web Rádio Fatos; Rádio Augusto Barbosa Online; Super FM; Rádio Interação Arcoverde; Rádio; Independência Recife; Rádio Cidadania FM; Web Rádio 102; Web Rádio Fonte da Vida; Rádio Web Studio P; São José Web Rádio - Prados (MG); Webrádio Cultura de Santa Maria; Web Rádio Universo Livre; Rádio Villa; Rádio Farol FM; Viva FM; Rádio Interativa de Jequitinhonha; Estilo - WebRádio; Rede Nova Sat FM; Rádio Comunitária Impacto 87,9FM; Web Rádio DNA Brasil; Nova onda FM; Cabn; Leal FM; Rádio Itapetininga; Rádio Vidas; Primeflashits; Rádio Deus Vivo; Rádio Cuieiras FM; Rádio Comunitária Tupancy; Sete News; Moreno Rádio Web; Rádio Web Esperança; Vila Boa FM; Novataweb; Rural FM Web; Bela Vista Web; Rádio Senzala; Rádio Pagu; Rádio Santidade; M'ysa; Criativa FM de Capitólio; Rádio Nordeste da Bahia; Rádio Central; Rádio VHV; Cultura1 Web Rádio; Rádio da Rua; Web Music; Piedade FM; Rádio 94 FM Itararé; Rádio Luna Rio; Mar Azul FM; Rádio Web Piauí; Savic; Web Rádio Link; EG Link; Web Rádio Brasil Sertaneja; Web Rádio Sindviarios/CUT.

A programação também fica disponível na Rádio Brasil de Fato, das 11h às 12h, de segunda a sexta-feira. O programa Bem Viver está nas plataformas: Spotify, Google Podcasts, Itunes, Pocket Casts e Deezer. 

Edição: Matheus Alves de Almeida