ALÍVIO

Cidade do Rio de Janeiro anuncia fim da epidemia de dengue

Após pico de 13 mil casos em uma semana, município apresenta queda contínua e baixa procura nos serviços de saúde

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |

Ouça o áudio:

Cidade do Rio teve queda de 33% nos casos de dengue em uma semana - Daniel Castellano/SMS

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro anunciou nesta sexta-feira (29) o fim da epidemia de dengue na cidade. O secretário Daniel Soranz informou que o município registrou sete mortes e 82 mil casos da doença, mas apontou redução significativa nos casos.

Continua após publicidade

“Houve um esvaziamento nos polos de atendimento para a dengue, então a gente já pode dizer que a gente deixa o período epidêmico e a emergência de dengue na cidade”, afirmou Soranz, em declaração divulgada pela Agência Brasil

Continua após publicidade

No período mais crítico, entre 18 e 24 de fevereiro, a cidade registrou 13.511 casos. Desde então, os números têm caído. Na última semana com dados consolidados de 17 a 23 de março, o Rio teve 5.395 ocorrências, uma queda de 33% em relação aos sete dias anteriores.

Continua após publicidade

“A gente já pode virar essa força de trabalho para o combate à influenza e para a principal campanha vacinal do calendário, que é a vacina para a influenza”, disse o secretário de Saúde. 

Continua após publicidade

Os dez polos de atendimento abertos em fevereiro começarão a ser desativados a partir de hoje. Mais de 1 mil profissionais de saúde trabalharam no combate à doença.

“Ainda tem 40 mil doses da vacina de dengue em estoque. Então a gente pede que os pais que ainda não trouxeram seus filhos para se proteger que procurem uma unidade de saúde para aplicar a primeira dose da vacina”, lembrou Soranz.

Soranz destacou que esta será a última semana para imunização de crianças e adolescentes de 10 a 14 anos com a primeira dose da vacina contra a dengue.

Edição: Rodrigo Chagas