Vídeo

Documentário explica como a Lava Jato contribuiu para a crise econômica no Brasil

Filme "Destruição a Jato" trata das consequências econômicas da operação policial para o país

Brasil de Fato | Belém (PA)

,
Policiais federais participam de operação de condução coercitiva do ex-presidente Lula / Agência Brasil

Em 2014 o Brasil viveu o melhor momento de sua economia chamado de pleno emprego, reflexo mensurado pelo crescimento de postos de trabalho. Então, como o país chegou a atual situação de crise econômica? O documentário Destruição a Jato procura entender os efeitos da operação tocada pela Polícia Federal e explica como a Laja Jato trouxe uma série de consequências para o cenário econômico.

O filme mostra a repercussão na opinião pública, da operação que prendeu políticos e empresários acusados de corrupção em desvios de dinheiro, envolvendo a empresa Petrobras. Apesar de popular, ela foi contestada por juristas e uma pequena parcela da população, além de receber pedidos de explicação da Organização das Nações Unidas (ONU) ao Brasil sobre os procedimentos adotados quando as ações envolveram o ex-presidente Lula. 

O vídeo tem duas partes: uma de análise econômica da ação, no primeiro vídeo de 22 minutos e 48 segundos; e outra sobre as acusações de violações de direitos e partidarização. 

A partir de fatos noticiados na impressa, são feitos alguns questionamentos sobre o quanto a investigação foi ou não positiva para o país, explicando o que pode estar por trás dessa operação policial. Como exemplo, o documentário cita a expansão de empresas chinesas no país, após o declínio de companhias nacionais que entraram em crise econômica por não conseguirem empréstimos, ao terem seus nomes relacionados ao escândalo de corrupção.

Mas como punir empresas que cometeram tais crimes? O documentário responde a pergunta e exemplifica ao longo do filme. Há ainda falas como a do procurador da república e ex-ministro da justiça Eugênio Aragão. Ele afirma, que “a Lava Jato vai ter um saldo extremamente negativo na nossa economia, e esse é um saldo que nós teremos que pagar por algumas décadas”. 

Ex-funcionários do estaleiro Enseada do Paraguaçu, que fica localizado em Maragogipe, no Recôncavo baiano também aparecem no documentário e revelam como a operação incidiu na crise econômica, repercutindo como um efeito dominó na cidade. 

Veja o documentário:

Edição: José Eduardo Bernardes