Rádio

Mulheres Cabulosas da História: Nilda Carvalho

Com apenas 17 anos Nilda Carvalho enfrentou a repressão militar e lutou pela redemocratização do país

Belo Horizonte

,

Ouça o áudio:

Mas, na verdade, essa é a Giselle Maia, estudante de Gestão Pública, que luta contra a lesbofobia, pela liberdade e emancipação da mulher. / Levante Popular da Juventude

Nilda Carvalho era estudante secundarista e foi militante do Movimento Revolucionário 08 de OUTUBRO. Com apenas 17 anos, Nilda Carvalho, já lutava contra ditadura militar brasileira. Ela foi levada a um dos mais cruéis locais de tortura do país; o Quartel do Barbalho. Ela ainda foi torturada na Base Aérea de Salvador, profundamente debilitada em conseqüência das torturas sofridas, ela morreu pouco depois de ser liberada. A coragem e a luta de Nilda Carvalho tem sido ofuscadas pelo machismo existente em nossa sociedade, mas para nós ela sempre será uma mulher cabulosa da nossa história!

Edição: Edição Minas Gerais