Caravana

População de Belo Horizonte deixa a capital mineira para receber Lula em Ipatinga

Dezenas de pessoas viajam para participar do primeiro ato da Caravana Lula por Minas Gerais

Brasil de Fato | Belo Horizonte (MG)

,

Ouça a matéria:

Apoiadores voltam para a capital mineira após o ato político em Ipatinga, marcado para começar às 18h desta segunda. / Reprodução

Felício, que é o “nome de guerra” do metroviário José de Fátima, estava disposto a chegar de qualquer jeito a Ipatinga, em Minas Gerais, onde começa a fase mineira da Caravana Lula pelo Brasil. Tentou pegar um trem, mas não deu certo, e conseguiu uma vaga num dos ônibus que saíram de Belo Horizonte com destino à cidade do Vale do Aço, que fica a umas quatro horas de viagem.

Ele se diz disposto a enfrentar a luta, e assim se sente desde que foi colega de fábrica de Lula no interior de São Paulo. Depois de participar ativamente das greves do ABC e ficar “fichado” na região, não conseguia mais arrumar emprego e se mudou para Minas Gerais, onde acabou fundando o Sindicato dos Metroviários.

Felício conta que foi a diversas mobilizações contra o golpe que destituiu a presidenta Dilma Rousseff da presidência da República, em 2016, e estava em Brasília quando bombas de gás receberam os manifestantes que protestavam contra a reforma trabalhista e da Previdência, em maio deste ano. Felício está seguro que Lula pode ser, de novo, presidente do Brasil, mas espera que desta vez ele “faça um mandato dele mesmo, não de coalizão com essa corja que está no poder hoje”.

A musicista e compositora Malu Aires também embarcou no ônibus para o bate-volta a Ipatinga, para receber o presidente Lula e “fazer uma caravana tão bonita quanto a que ele fez no Nordeste”. Ela analisa que o cenário não está fácil e que Lula vai enfrentar muitas dificuldades, entre elas o alto grau de expectativas de mudanças. “Ele vai chegar num momento crítico, em que perdemos tudo que o que tínhamos construído, e a população golpeada precisa ver a realidade. As coisas se fazem com tempo, com construção”, avalia.

Felício e Malu voltam para Belo Horizonte depois do ato político da Caravana Lula pelo Brasil em Ipatinga, marcado para começar às 18h desta segunda-feira (23). No próximo dia 30 de outubro, voltam a se somar à caravana, durante o ato de encerramento na capital mineira, previsto para acontecer na Praça da Estação.

Durante oito dias, o ex-presidente Lula percorrerá 12 cidades mineiras, passando por sete diferentes regiões do estado, e dialogará com a população mineira para sentir a atual situação do país e da região.

A equipe do Brasil de Fato está acompanhando minuto a minuto a caravana de Lula em Minas Gerais.

* A cobertura da caravana "Lula pelo Brasil" é realizada por meio da parceria entre Brasil de Fato, Mídia Ninja e Jornalistas Livres

Edição: Luiz Felipe Albuquerque