Protesto

Curitiba terá ato unificado contra a reforma trabalhista nesta sexta (10)

O protesto está sendo mobilizado por sete centrais sindicais e deve ocorrer na Boca Maldita, às 11h

Brasil de Fato (PR)

,
Ao todo, mais de 20 entidades sindicais com sede na capital mobilizam seus associados para o protesto / André Chaves

Nesta sexta-feira (10), sete centrais sindicais mobilizam atos em todo o Brasil contra a retirada de direitos trabalhistas. Em Curitiba o ato terá concentração às 11h na Boca Maldita, Centro da cidade. Protestos estão previstos para ocorrer em outros municípios do estado.

Entre as categorias que confirmaram adesão ao protesto está a dos metalúrgicos. O Sindicato da categoria informou que fará paralisações em frente às montadoras pela manhã, além de participar do ato no Centro da capital.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior (Sinditest-PR), haverá paralisação dos funcionários da UFPR, UTFPR e do Hospital de Clínicas (HC). Ao todo, mais de 20 entidades sindicais com sede na capital mobilizam seus associados para o protesto.

Nacional

O “Dia Nacional de Paralisação” mobilizará todo o Brasil, um dia antes de entrar em vigor a Reforma Trabalhista, considerado um dos maiores retrocessos sociais da história do Brasil. Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Natal, Porto Alegre, Palmas, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Salvador, Belém e Teresina são algumas das capitais que já confirmaram mobilizações contra a reforma.

 

 



 

Edição: Ednubia Ghisi