Caravana

A 400 km de Porto Alegre, estudantes valorizam interiorização do ensino nos anos 2000

Caravana do ex-presidente Lula visitou o Instituto Federal Farroupilha, em São Vicente do Sul

Brasil de Fato

,
Estudantes posam ao lado de Lula no Instituto Federal Farroupilha nesta quarta-feira (21). / Foto: Ricardo Stuckert

Educação pública, gratuita e de qualidade nos rincões do país. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFF) em São Vicente do Sul, a 400 km de Porto Alegre, foi fundado em 29 de dezembro de 2008 e ajudou estudantes e educadores do interior do Rio Grande do Sul a terem acesso ao ensino público de qualidade sem ter que se deslocar para as grandes cidades. 

A professora aposentada da rede estadual, Lia Mara foi uma das pessoas que estiveram no auditório do IFF nesta quarta-feira (21) para receber a caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Eu vivi a educação por muitos anos, e vivi também o impulso que os governos do PT deram para a educação neste país. O avanço dos IFs, o avanço das universidades”, exemplifica.

De geração em geração

Durante os governos Lula, foram criados três Institutos Federais no estado gaúcho: o Rio Grande do Sul (IFRS), com reitoria em Bento Gonçalves; o Farroupilha (IFF), com reitoria em Santa Maria; e o Sul-Riograndense (IFSul), com reitoria em Pelotas. Vinculados a essas instituições, estão 42 campi de educação profissional e tecnológica, com ênfase para agricultura e produção de alimentos.

Lia Mara tem uma filha matriculada na Universidade Federal do Pampa (Unipampa) em São Borja, que também foi criada na gestão Lula. A professora presenciou o protesto minoritário dos ruralistas. “Eles estão defendendo os interesses deles, e eu estou defendendo os meus. Sei muito claro qual é o meu lado. Eu sou uma trabalhadora e não quero ver meus filhos sendo peões deles”.

A estudante Ana Júlia também esteve no auditório do IFFs para ouvir o ex-presidente falar. Ela é aluna do curso de Agropecuária no Instituto. “Se não fosse por eles, hoje a gente pagaria a janta e o almoço que comemos aqui no Instituto”, ressalta. “A educação maravilhosa que temos é graças a ele. O governo Lula fez tudo que pôde pelos pobres e pelos que não tinham condições”, finaliza.

Diante de uma plateia repleta de estudantes, principalmente mulheres, Lula agradeceu o carinho e disse que o objetivo da visita a São Vicente do Sul não era fazer campanha política. “Essa cidade tem 8 mil habitantes. Se eu estivesse fazendo campanha eleitoral, eu não viria aqui”, brincou. “Eu estou aqui porque esse lugar é parte do Brasil, e eu quero conhecer o Brasil”.

Do Rio Grande do Sul, a caravana do ex-presidente segue na sexta-feira (23) para Santa Catarina e conclui o percurso no Paraná, na próxima quarta-feira (28).

Acompanhe a Caravana Lula pelo Sul em tempo real no site. 

Edição: Camila Salmazio