Ativismo

Empreendedores LGBTI formam rede de apoio em Curitiba

Mapeamento foi realizado com o objetivo de identificar espaços e pessoas autônomas responsáveis por negócios

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,

Ouça o áudio:

Primeiro encontro aconteceu no centro de Curitiba vom o objetivo de far apoio e fortalecer os empreendedores / Ana Carolina Caldas

Um Encontro de Empreendedores LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersex), que aconteceu no Espaço Ocitocina, no centro da capital, marcou as atividades do Dia Internacional de Combate a LGBTfobia, no último 17. Também aconteceu uma vigília na Praça Santos Andrade e os manifestantes levaram velas para lembrar as mortes por crimes de ódio e preconceito.

No sábado, dia 19, durante as atividades da Semana de Combate a LGBTfobia, realizada por várias organizações,  mais de 30 pessoas participaram de um primeiro encontro que teve como objetivo formar a Rede de Apoio e Fortalecimento aos empreendedores LGBTI.

“O encontro  é consequência de um mapeamento feito por um cadastro na internet para identificar negócios e produtos comercializados pela comunidade LGBTI. Desde espaços físicos que prestam algum tipo de serviço à autônomos, como artistas, fotógrafos, chefs e todos aqueles que se reconhecem como empreendedores,” explica Guilherme Jaccon, um dos responsáveis pelo levantamento de dados e a realização do evento. 

 O mapeamento foi realizado pelas Organizações não governamentais DOM da Terra, Appad, Festa das Excluídas e banda Pitombas do Amor. O principal objetivo, segundo os organizadores, é dar apoio e fortalecer estes empreendedores.

 “Nossa ideia a partir deste primeiro encontro é realizar outras atividades de capacitação e reflexão, ” explica Jaccon.

Aos que tiverem interesse em participar, entrar em contato com a ONG Dom da Terra, pelo email: [email protected]

Edição: Laís Melo