Clubes do RJ na Libertadores e na Copa Sul-Americana

PAPO ESPORTIVO | Vasco e Copa Sul-Americana: pode dar certo

Vitória sobre a Universidad de Chile colocou o Vasco nas oitavas da competição que pode salvar o ano no clube

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,

Ouça a matéria:

Bruno Silva e Yago Pikachu marcaram os gols do Vasco contra a La U / Carlos Gregório Jr. / vasco.com.br

Muita gente esperava que o Vasco pudesse ir mais longe do que foi na Libertadores (incluindo este que vos escreve). Mas como Deus é Pai e não é padrasto, o Trem Bala da Colina conseguiu se recuperar a tempo, venceu a Universidad de Chile na última rodada da fase de grupos da competição e se garantiu na Copa Sul-Americana.

Muita gente coloca a competição como uma espécie de “segunda divisão” da Libertadores e como um prêmio de consolação para quem não conseguiu se classificar. Analisando a situação do Vasco na temporada, com atraso de salário, problemas extra-campo (incluindo postagens polêmicas no Instagram) e uma briga ensandecida pelo poder nos bastidores, a classificação para a Copa Sul-Americana foi um ótimo negócio. É uma competição que rende uma boa premiação e pode se transformar na redenção de um clube que não conquista títulos internacionais há algum tempo.

É lógico que o clube precisa arrumar a casa. É óbvio que Zé Ricardo ainda precisa resolver muitos problemas no time titular. E é evidente que a diretoria precisa organizar a bagunça nos bastidores. A Copa Sul-Americana pode ser a redenção para um time que sofreu (e sofre) demais com as cobranças da torcida e com dirigentes que pensam apenas no próprio umbigo. Ainda há como salvar o ano de 2018 no Vasco.

FLAMENGO PRECISA ENTENDER QUE LIBERTADORES É NEGÓCIO SÉRIO

Confesso que está cada vez mais difícil explicar o que se passa com o Flamengo. É bem verdade que o time já estava classificado para as oitavas de final da Libertadores, mas uma vitória contra o River Plate fora de casa deixariam os comandados de Mauricio Barbieri na primeira posição do grupo 4. O Fla até que começou bem, mas inexplicavelmente parou. Parecia que todos estavam conformados com o empate. Era bola pra lá, bola pra cá e nada de efetivo. A lição da noite desta quarta-feira (23) deve ser aprendida por todos no elenco rubro-negro. A Libertadores pune todo e qualquer sinal de soberba ou de pasmaceira. E o grande desafio será montar o time para o primeiro jogo das oitavas de final sem Lucas Paquetá, suspenso. Te vira, Barbieri!

RÁPIDO E RASTEIRO

O Botafogo vai sofrer muito nessa temporada se não reforçar o time para o Brasileirão e para a Copa Sul-Americana. E o que era ruim pode piorar: tem muito clube de olho nos zagueiros alvinegros. Xiiiiii…

E Abel Braga segue tirando leite de pedra no Fluminense. O grande X da questão é saber se a diretoria não vai fazer mais uma lambança e vender algum jogador importante.

E a Seleção Brasileira segue treinando de olho na Copa do Mundo. Mas o que surpreendeu foi o anúncio dessa lesão de Douglas Costa. É jogador com potencial pra ser titular.

Grande abraço e até a próxima!

Edição: Brasil de Fato RJ