Saúde e economia

Curitiba recebe a 17ª Jornada da Agroecologia com debates, feira e atrações culturais

Durante o evento a população poderá consumir alimentos agroecológicos que estarão à venda na Praça Santos Andrade

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,

Ouça a matéria:

Feira contará com os espaços “Culinária da Terra”, com pratos típicos do sul, e "Saúde Popular", com terapias naturais. / Divulgação

O consumo de produtos orgânicos, os cuidados com a saúde e a preocupação com o futuro do planeta fazem parte da vida dos brasileiros. Se não na prática, alguma vez na vida foi assunto em rodas de conversa. A Jornada da Agroecologia, que chega a sua 17ª edição, em Curitiba, tem por objetivo aliar esta reflexão à prática agroecológica e ser mais um instrumento de organização da produção e diálogo com a sociedade sobre as contradições do modelo produtivo do agronegócio, apontando uma nova perspectiva alimentar.  

Nos dias 6, 7, 8 e 9 de junho, inúmeras atividades voltadas a esta temática, acontecerão na Praça Santos Andrade, na UFPR, na UTFPR e demais localidades no entorno da cidade. A abertura do evento acontecerá no dia 06 de junho, às 19h,  no Teatro Guaíra, e contará com a participação da atriz Leticia Sabatella e do teólogo Leonardo Boff.

“Nesta edição, a escolha por Curitiba se dá porque queremos fazer o diálogo do campo com a cidade. Todo o evento refletirá essa relação, mas também vai trazer o acúmulo de propostas elaboradas ao longo destes 17 anos de Jornada”, explica Roberto Baggio, coordenador do encontro. Experiências produtivas desenvolvidas a partir da agricultura familiar, dos assentados e acampados da reforma agrária, de comunidades quilombolas e coletivos de economia solidária estarão presentes na Jornada. A expectativa é que mais de 2 mil pessoas participem.

Parceria com as Universidades

Seminários e debates acontecerão no campus da UFPR Reitoria, Prédio Histórico e UTFPR.  Saúde, educação do campo e da cidade, participação social, soberania alimentar são alguns dos temas que farão parte da programação, construída em parceria com vários setores das Universidades. Será aberto ao público em geral e serão emitidos certificados de extensão aos participantes. Toda a programação do evento está no site da Jornada.

 Túnel do Tempo

Durante todos os dias, o público poderá entrar no Túnel do Tempo, que será instalado no pátio da Reitoria por estudantes e professores das escolas estaduais do campo do Paraná.  Ao percorrer o túnel, o visitante conhecerá a história do campo, da luta pela Reforma Agrária, da agricultura familiar e da produção agroecológica, culminando ao final em reflexões sobre a reconstrução de um projeto popular para o país.  A atividade também receberá visitas de escolas e Universidades. A abertura oficial acontecerá no dia 06 de junho, às 14h.

Feira e Culinária da Terra 

Na Praça Santos Andrade, a população da capital e da Região Metropolitana poderá consumir alimentos agroecológicos que estarão à venda na Feira da Reforma Agrária, Agricultura Familiar e Economia Solidária.  A estimativa dos organizadores é reunir cerca de 60 expositores. Junto à feira, haverá espaço para a “Culinária da Terra”, com barracas de pratos típicos da região sul do Brasil. Já a barraca da Saúde Popular terá ervas, chás e também prestará serviços como auriculoterapia, benzimentos, massagens, entres outras terapias.

Edição: Laís Melo