Futebol

Times do Paraná precisam reagir logo para não caírem no Brasileirão

No ano passado, dois times que acabaram o primeiro turno na zona do rebaixamento caíram e dois se salvara

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
Atlético e Paraná continuaram com campanhas ruins e na zona de rebaixamento nessa retomada / Arte: Vanda Moraes

A boa notícia para os paranaenses é que dois times que estavam na zona do rebaixamento no fim do primeiro turno do Brasileirão do ano passado acabaram se salvando. São Paulo e Vitória eram 17º e 18º lugares, reagiram e se mantiveram na primeira divisão. A má notícia é que outros dois que lá estavam acabaram ficando até o fim e este ano estão na série B, casos do Avaí e do Atlético (GO).

Mas a pior notícia é a falta de reação dos times depois da parada da Copa do Mundo. Mesmo tendo mais de trinta dias para treinar e mudar, Atlético e Paraná continuaram com campanhas ruins e na zona de rebaixamento nessa retomada.

O Paraná, em quatro jogos, teve três derrotas e uma vitória, três pontos em doze disputados. O Atlético também vem tropeçando, com uma vitória, um empate e uma derrota no período. Considerando apenas o Brasileirão, foram 4 pontos em 9 disputados. E ficou faltando a partida contra o Vasco da Gama, da 15ª rodada, em casa, que só será disputada em 29 de agosto.

Na próxima rodada, o Paraná tem confronto decisivo para fugir das últimas posições contra o lanterna Ceará, em casa. Se ganhar, respira. Se perder ou empatar… Já o Atlético tem uma pedreira na rodada, ao enfrentar o Corinthians no sábado, em São Paulo. É jogo em que qualquer pontinho ajuda para tirar a diferença de 4 pontos para o primeiro fora do Z4, a Chapecoense.

E a reação é necessária porque, se os campeonatos acabassem nesta rodada, o Paraná não teria nenhum time na série A do ano que vem, já que Atlético e Paraná estão na zona de rebaixamento e o Coritiba, quase no final do primeiro turno da série B, está perto, mas ainda fora da zona de classificação para a primeira divisão no ano que vem.

 

Edição: Laís Melo