Tragédia

No Paraná, menino de 8 anos morre com tiro na cabeça após o resultado da eleição

Autor do disparo era padrinho da criança e está preso; arma havia sido adquirida há menos de um mês

Brasil de Fato

,

Ouça o áudio:

No caminho ao hospital, criança foi socorrida por uma ambulância, mas não resistiu / Reprodução

Um menino de 8 anos, que estava em frente ao portão de casa, foi atingido na cabeça por um tiro de arma de fogo na noite de domingo (28), em Ponta Grossa, no Paraná. O disparo, que ocorreu logo após a divulgação do resultado da eleição presidencial, foi dado pelo padrinho do garoto, que foi preso em flagrante e confessou a autoria em vídeo para a reportagem do portal A rede.

De acordo com testemunhas, o homem estava comemorando a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) com tiros de arma de fogo. No entanto, a polícia investiga a causa dos disparos.

Logo após a tragédia, os pais colocaram a criança em um carro em busca de ajuda. Eles encontraram uma ambulância no caminho, mas o menino faleceu durante o atendimento no local. 

O homem segue preso na 13ª Sudivisão Policial (SDP). Para a reportagem de A Rede, o homem confessou a autoria do tiro e afirmou que comprou a arma há menos de um mês. Ele não tinha porte legal de armas e disse ter pago cerca de R$ 2 mil pela pistola. 

 

Edição: Daniela Stefano