Visita

Promotores e procuradores do MP vão a Curitiba prestar apoio a Lula nesta quinta (4)

Grupo será representado pelo procurador aposentado Afrânio Silva Jardim, que visitará o ex-presidente na Polícia Federal

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Há duas semanas, Lula também recebeu apoio de um grupo de juízes federais e desembargadores / Ricardo Stuckert

O procurador aposentado de Justiça do Ministério Público do Rio de Janeiro, Afrânio Silva Jardim, visitará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta quinta-feira (4) em Curitiba (PR) para prestar apoio e solidariedade, às vésperas do aniversário de prisão do petista. No mesmo dia, Lula também se encontrará com o jornalista esportivo Juca Kfouri – ele tem direito a receber dois amigos por semana, por uma hora, sempre às quintas-feiras.

Jardim representará um grupo de promotores e procuradores de Justiça que estarão na Vigília Lula Livre para se posicionar contra a perseguição judicial que levou à condenação do ex-presidente na Justiça Federal, em Curitiba, e no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre (RS).

No próximo domingo (7), a prisão de Lula completa um ano. Manifestações foram agendadas em várias cidades do Brasil e do mundo para denunciar a politização do Poder Judiciário no Brasil e a falta de provas nas sentenças contra o petista.

Lula foi preso em 7 de abril de 2018 após condenação em segunda instância no TRF4, que referendou a sentença do então juiz Sergio Moro – hoje, ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro (PSL). 

Há duas semanas, Lula recebeu apoio de um grupo de juízes federais e desembargadores, que também estiveram na Vigília Lula Livre, em frente à Polícia Federal (PF), para pedir a libertação do ex-presidente.

 

Edição: Daniel Giovanaz