Assobiar ou chupar cana? Se está sem energia, escolha a cana

Imagem do logo do Podcast

Ouça o áudio:

O ferro do caldo de cana, é compatível com a gema do ovo, afirma nutricionista
O ferro do caldo de cana, é compatível com a gema do ovo, afirma nutricionista - Andra Lumi
O caldo de cana é considerado um alimento energético de alto índice glicêmico

O caldo de cana é uma bebida bastante famosa e querida por frequentadores de feiras livres em todo nosso país. Considerado o acompanhamento perfeito do tradicional pastel, a bebida é extraída da cana-de-açúcar, uma planta da família das gramíneas, que possui uma haste fibrosa com um caldo adocicado no seu interior. É esse líquido doce que bebemos nas barraquinhas da feira!

Segundo a nutricionista Elisabete Rocha, esse caldo é composto de praticamente dois terços de água e o restante de sacarose, uma substância química que é popularmente conhecida como açúcar. A cana é rica em nutrientes muito benéficos para nossa saúde, como o ferro e o cálcio, por exemplo.

“Tem minerais como o ferro, cálcio, potássio, sódio, fósforo e magnésio. Em vitaminas, tem as do complexo B e vitamina C. Inclusive, o ferro do caldo de cana, é compatível com a gema do ovo e tem 7 vezes mais ferro que a beterraba, na mesma quantidade”.

O extrato ou caldo de cana é muito utilizado na medicina Ayurveda, uma terapia alternativa que trabalha com uso de ervas, massagens e alimentação para a prevenção e tratamento de doenças. Por conta de sua composição, o alimento pode ser utilizado de outras formas, dando seu valor nutricional a outros alimentos. A nutricionista Elisabete dá dicas de como podemos utilizar na cozinha.

“Da cana, a gente pode extrair o álcool, o próprio açúcar, bebidas como as cachaças, o rum que é derivado do melaço, a rapadura, açúcar mascavo e demerara. O próprio adoçante vem da cana de açúcar. É uma planta bem versátil no uso culinário, pode ser utilizada como um líquido para adoçar um bolo, pode adoçar alguma receita ou até mesmo misturar em sucos.”

O caldo de cana é ainda considerado um alimento energético de alto índice glicêmico e por essa razão, é utilizado como repositor de energia, podendo ajudar pessoas que fazem muito esforço físico no dia a dia ou atletas. Segundo a nutricionista, além do carboidrato, o extrato é um grande antioxidante para o organismo e seu consumo pode diminuir a sensação de fadiga muscular e melhorar a recuperação dos tecidos. 

 

 

Edição: Michele Carvalho