CULTURA

Armazém do Campo completa um ano no Rio de Janeiro com programação cultural

Espaço de comercialização na Lapa oferece mais de 450 produtos da reforma agrária e agricultura familiar

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,

Ouça o áudio:

Em cinco estados, Armazém do Campo comercializa a produção de alimentos de assentamentos do MST / Pablo Vergara

Há cerca de um ano, era inaugurado o Armazém do Campo no Rio de Janeiro. Localizado em um casarão tradicional no bairro da Lapa, no centro da cidade, o espaço de comercialização organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) se tornou referência em alimentação saudável e cultura popular para os cariocas. São mais de 450 produtos orgânicos e agroecológicos, vindos de assentamentos da reforma agrária, empresas parceiras e pequenos agricultores.

A coordenadora do Armazém do Campo no Rio, Angela Bernardino, explicou que a participação nas feiras não dava conta de escoar toda produção de alimentos do MST. A proposta da rede de lojas, presente em cinco estados, é comercializar diariamente os produtos e aproximar a população do debate sobre alimentação saudável.

“É um desafio muito grande construir um espaço do MST que também é de resistência, ainda mais nesse período que a gente vive. Aqui no coração da Lapa um dos objetivos é dialogar com a sociedade que o MST não só ocupa a terra como também produz alimentos agroecológicos, sem veneno”, disse Angela em entrevista ao programa Brasil de Fato.

“Estamos sempre priorizando a compra de pequenos agricultores, de produtores do MST, de quilombolas, fortalecendo a agricultura familiar”, ressalta Angela. A grande variedade de produtos do Armazém vem de diversos estados como Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Já as frutas, verduras e hortaliças frescas vem dos assentamentos localizados no sul fluminense. 

Cultura

O Armazém do Campo tem conquistado o público carioca não só pela qualidade dos produtos mas também por ter se tornado um importante ponto de encontro da cultura e da resistência política na cidade do Rio. A loja promove debates, lançamento de livros e apresentações culturais em um espaço acolhedor. Neste mês de setembro, acontece uma série de atividades em comemoração ao primeiro ano do Armazém. Serão quatro dias com programação de maracatu, forró e rodas de samba a partir desta quinta-feira (12), às 19h.

"Mais do que resistir é celebrar a vida! Em tempos difíceis só o amor e o companheirismo fazem a gente ficar mais forte para lutar", finaliza. No sábado (14), um ato político e cultural está programado para às 14h. Parlamentares, professores e artistas amigos do MST já confirmaram presença. O Armazém do Campo RJ está localizado na Avenida Mém de Sá, 135, na Lapa, no centro do Rio de Janeiro.

Confira a programação especial:

Quinta-feira (12/09)

19h - Maracatu Baques do Pina

Sexta-feira (13/09)

19h - Forró da Terra: Pife + Trio da Terra

Sábado (14/09)

14h - Ato Político-Cultural

16h - Roda de Cantoria Mulheres de Luta

20h - As Cantadeiras 

21h30 - Coletiva Primavera das Mulheres

Domingo (15/09)

15h - Roda de Resistência Samba e Choro

Edição: Mariana Pitasse