Pandemia

Jornal Brasil Atual Edição da Tarde | 27 de abril de 2020

Situação das mortes por covid-19 na capital paulista está entre os destaques do programa

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |

Ouça o áudio:

Ouça o programa ao vivo das 17h às 18h30 na Grande São Paulo (98.9 MHz) e noroeste paulista (102.7 MHz) e através do site do Brasil de Fato - Juliana Almeida | RBA

O número oficial de casos do novo coronavírus no Brasil chegou a 66.501 nesta segunda-feira (27). A cifra de mortes por covid-19, divulgadas pelo Ministério da Saúde, é de 4.543. O aumento nas últimas 24 horas foi de 4.613 casos e 338 óbitos.

São Paulo continua sendo o estado com maior número de casos e mortes, 21.696 e 1.825, respectivamente. 

Para abordar a situação na capital paulista, o Jornal Brasil Atual conversou com João Batista Gomes, representante dos trabalhadores do serviço funerário e integrante do Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo (Sindsep).  

"O serviço funerário não divulga dados diários de quantos foram os sepultamentos na cidade de São Paulo, daí fica uma disputa sobre se tem aumento ou não tem aumento. Mas é evidente que tem aumento. Para se ter uma ideia, em uma situação normal na cidade de São Paulo há de 200 a 250 enterros por dia, o governo [municipal de SP] está considerando que essa cifra pode chegar a 400", explicou Batista, que afirma ainda que é difícil afirmar se haverá ou não colapso no sistema, porque "não se tem ideia do tamanho do problema oficialmente".   

Ainda como destaque, o jornal aborda a situação do estado do Amazonas, que registrou, nesta segunda, 3.928 casos de covid-19 e 320 mortes. Entidades estaduais como o Conselho Regional de Medicina do Amazonas (Cremam) e o Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam) responsabilizam o governo de Wilson Lima (PSC), pela tragédia que a população do estado vem enfrentando com a pandemia. 

Confira os demais destaques no início do jornal. 

------ 
O Jornal Brasil Atual Edição da Tarde é uma produção conjunta das rádios Brasil de Fato e Brasil Atual. O programa vai ao ar de segunda a sexta das 17h às 18h30, na frequência da Rádio Brasil Atual na Grande São Paulo (98.9 MHz) e pela Rádio Brasil de Fato (online). Também é possível ouvir pelos aplicativos das emissoras: Brasil de Fato e Rádio Brasil Atual.

Edição: Mauro Ramos