Alerta mundial

Imprensa internacional: Le Monde diz que voos do Brasil já deveriam estar suspensos

TV dos EUA diz que os cidadãos do país têm razões para ficarem "muito preocupados" com a variante brasileira da covid

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |
França suspendeu temporariamente voos de passageiros do Brasil para estudar medidas de contenção às novas cepas - Mauro Pimentel / AFP

O jornal francês Le Monde publicou nesta quinta-feira (15) uma matéria que avalia como "tardia" e "insuficiente" a medida que suspende temporariamente a entrada na França de voos vindos do Brasil

Continua após publicidade

O texto, assinado por Rémi Barroux e Claire Gatinois, diz que os voos já deveriam ter sido suspensos assim que se identificaram novas cepas, mais potentes e transmissíveis, entre pacientes brasileiros

O Diário Oficial do país europeu informou, na última terça-feira (13), que "dada a situação da saúde no Brasil (...), os deslocamentos de pessoas deste país ao território da República [França] estão, com exceção das necessárias ao transporte de mercadorias, proibidos até 19 de abril de 2021 à meia-noite". A ideia, segundo as autoridades, era ganhar tempo para elaborar um plano de contenção.

A Air France, principal companhia aérea do país, confirmou o "cancelamento de todos os seus voos do Brasil" pelo menos até 18 de abril "para tratar de preocupações relacionadas à disseminação da variante P1".

"Nossos voos levarão passageiros da França ao Brasil e voltarão vazios, sem a carga que podem transportar", completou o informe da Air France.

Não só na França

A preocupação com as novas cepas identificadas no Brasil não é só dos franceses. A TV estadunidense CBS veiculou, também nesta quinta, uma reportagem afirmando que os cidadãos dos EUA têm motivos para ficarem "muito preocupados" com essas variantes.

"Se o Brasil está fora de controle, o mundo estará fora de controle em poucas semanas", disse uma das fontes, chamando atenção para medidas de contenção a serem tomadas por todos os países.

O avanço da pandemia no Brasil é um dos assuntos do dia entre os veículos que se dedicam a coberturas internacionais.

A rede britânica BBC chama atenção para o alto número de bebês brasileiros morrendo em decorrência da covid.

O indiano The Wire deu destaque para o aumento da fome no Brasil, enquanto bilionários aumentam sua fortuna

Vários veículos, como a rede Al-Jazeera, com sede no Catar, e a alemã Deutsche Welle, noticiaram a confirmação, por parte do Supremo Tribunal Federal (STF), da abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis omissões do governo brasileiro na pandemia.

Edição: Poliana Dallabrida