Pandemia

Notícias da Ásia: autoridades lutam contra variante delta

China diminui números de casos de covid-19 após aplicar medidas de controle epidemiológico

São Paulo (SP) |
Campanha de vacinação na Indónesia, que enfrenta um aumento no número de crianças vítimas fatais da covid-19. - Chaideer Mahyuddin / AFP

Após a variante delta fazer aumentar o número de casos de covid-19 na China, e medidas de controle sanitário serem aplicadas para conter o surto, o país reduziu os números de contágio diário pelo novo coronavírus.

Continua após publicidade

Nesta segunda-feira (16), o país asiático registrou 51 novos casos, sendo 13 de transmissão local e com diagnósticos espalhados pelas províncias de Jiangsy, local de origem do surto, Henan e Hunan. O resto dos casos foi importado.

Continua após publicidade

Com as medidas de distanciamento social, a China registrou queda de indicadores de vendas no varejo e produção industrial no mês de julho.

Continua após publicidade

Continua após publicidade

As autoridades chinesas emitiram novas diretrizes que tornam mais rígidos os protocolos de uso de máscara, inclusive em ambientes abertos. Enquanto isso, a campanha de imunização avança e cerca de metade da população chinesa já está imunizada.

Leia mais: Ofensiva regulatória chinesa pode antecipar nova relação com super empresas

Já na Indonésia, as mortes de crianças por covid-19 continuam aumentando. Estudiosos avaliam que a mortalidade é agravada por problemas sociais como desnutrição e poluição, além da baixa taxa de vacinação.

Em Bangladesh, foram registradas mais de mil mortes em apenas cinco dias e o acumulado já ultrapassa 24 mil óbitos. Já na Tailândia, o número de casos diários ultrapassou 20 mil pelo sexto dia consecutivo e milhares de pessoas saíram para protestar na capital Bangkok.

Edição: Leandro Melito