Olhar Digital

Conheça 10 influenciadores negros para seguir nas redes sociais

Moda, comportamento, economia e política; profissionais de diversas áreas podem ajudar a olhar a rotina por outro ângulo

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |

Ouça o áudio:

Natály Neri é cientista social e já passou dos 700 mil seguidores somente no Instagram - Foto: Reprodução/Instagram

No mês da Consciência Negra, é importante refletir, também, sobre a origem das opiniões que chegam até você. A perspectiva sobre a economia que te ajuda é sempre de pessoas brancas? Na moda, as pessoas que te influenciam são negras? Nas redes sociais, inundadas por influenciadores brancos que vendem seus estilos de vida, há muita diversidade e ela precisa ser celebrada. Quantos influenciadores negros você segue?

O Brasil de Fato produziu uma lista com dez influenciadores negros que podem mudar seu olhar sobre o mundo e os temas que te cercam.

João Pimenta

O humorista baiano João Pimenta viu suas redes sociais crescerem durante a pandemia. Antes, fazia sucesso com o personagem Pé de Pranta. Hoje, diverte seu público locutando esportes excêntricos, mas produz conteúdos sobre games, séries e adora uma ironia com temas políticos.

Família Quilombo

Adriana Arcebispo e seu marido, Josimar Silveira, são donos do perfil “Família Quilombo”. Por lá, os internautas encontram os dilemas de uma família preta no Brasil contemporâneo. O casal costuma falar sobre os desafios na criação dos dois filhos, Akins, de 10 anos, e Dandara, de 6 anos.
 

Maternidade Sapatão

Alinexú e Alessandra Ayabá compartilham a vida de mães de quebrada pelo Instagram. Elas têm dois filhos, Jamal e Jawari, que acabaram de completar um ano. As duas amamentam, questionando os padrões heteronormativos, e servem de exemplo para mulheres pretas e de periferia, mostrando como é possível formar uma família preta e sapatão.

Nataly Neri

 

Formada em Ciências Sociais, Nátaly Neri é um fenômeno nas redes sociais. Por lá, fala sobre moda, dá dicas de saúde e também disserta sobre alimentação saudável. Entre suas publicações, feminismo, críticas ao presidente e defesa dos povos originários.

Maria Clara Araújo

Dona do perfil Afrotranscendente, a educadora Maria Clara Araújo, é a primeira garota-propaganda trans do Brasil. Hoje, a influenciadora trabalha como assessora no gabinete da deputada estadual Erica Malunguinho (PSOL-SP). Em seu perfil, expõe seu ativismo na causa LGBTQI+A, fala sobre Educação – área em que atua, e reflete sobre a mulher negra brasileira.

Chavoso da USP

Thiago Torres, um jovem preto da periferia de São Paulo, criou o personagem Chavoso da USP, em que reflete sobre a presença da juventude negra na universidade. Em seu perfil, interage sobre diversos temas, sempre usando uma linguagem própria, respeitando suas origens e a cultura do funk. Vídeos analisando a política cubana, violência policial e Indústria Cultural mostram a diversidade dos assuntos do estudante.

Rene Silva

Nascido no Rio de Janeiro e criado no Complexo do Alemão, Rene Silva fundou o jornal Vozes da Comunidade, onde propõe um debate sobre a organização e os dilemas da comunidade. Em 2018, foi indicado, pela Most Influential People of African Descent, de Nova York, como um dos jovens negros mais influentes do mundo. Em suas redes, fala sobre o racismo e a vida de um jovem negro no Rio de Janeiro.

Nath Finanças

Formada em Administração, Nathália Rodrigues reuniu fama nas redes sociais como educadora financeira. Ela é seguida de perto por muita gente que tem um orçamento apertado e precisa organizar o dinheiro do mês. Conhecida como Nath Finanças, ela criou o podcast “Boletos Pagos”, onde dá dicas sobre organização financeira.

Yuri Marçal

Um dos nomes mais promissores da nova geração do humor nacional, o carioca Yuri Marçal seu crescer seu engajamento durante a pandemia, quando passou a criar esquetes realizadas dentro de sua casa. Marçal é dono de uma ironia que passeia por seus textos e piadas, onde não economiza na sátira sobre branquitudes.

Amanda Dias

A consultora Amanda Dias é a dona do perfil Grana Preta, onde afirma ter emancipado financeiramente mais de 760 pessoas. Em seu perfil, oferece pílulas sobre os seus cursos de inteligência e educação financeira.

Edição: Vivian Virissimo