BEM VIVER NA TV

"Camponesas não produzem só a comida, mas produzem uma cultura", afirma Michela Calaça

Liderança do Movimento das Mulheres Camponesas (MMC) reflete sobre agricultura ecológica e libertação da mulher no campo

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |
Bem Viver na TV encerra série de entrevistas especiais no mês de luta das mulheres com Michela Calaça (foto), liderança do Movimento Mulheres Camponesas (MMC) - Arquivo Pessoal

Março é o mês de luta das mulheres, e o Bem Viver na TV encerra sua programação de entrevistas especiais com diferentes lideranças femininas. Nesta edição, a liderança do Movimento das Mulheres Camponesas (MMC) Michela Calaça traz a luta pela produção de alimentos saudáveis, por uma agricultura ecológica e pela libertação da mulher no campo.

Continua após publicidade

"É fundamental na nossa luta e é fundamental para o reconhecimento das camponesas enquanto trabalhadoras, enquanto mulheres, que produzem não só a comida, não só o alimento saudável, mas produz uma cultura, um modo de fazer. O modo de fazer agroecologia é muito importante para se avançar na lógica feminista da agricultura camponesa", pontua Michela.

Veja também: Carmem Virgínia: “Me considero mais cozinheira dos Orixás do que dos homens”

A ativista relembra que quando o debate da agroecologia chegou no Brasil, são as mulheres as primeiras a dizer:  ‘isso aí é o que eu faço’.  

"As nossas mais velhas falam muito disso a partir do processo da Revolução Verde, que chegou dizendo que o conhecimento das mulheres não valia nada, que essa coisa de semente crioula não nos servia, que tinha que ser tudo igual, que tinha que ser uma plantação só. Elas tiveram que se confrontar com isso para dizer que quando o debate da agroecologia chega, é isso que elas já estavam falando antes. É sobre isso, é sobre a diversidade, sobre a gente produzir porque isso é bom pra natureza, mas isso é bom também para nós, como parte da natureza."

Diante dos ataques à agricultura familiar durante o governo de Jair Bolsonaro por meio dos cortes no Programa de Aquisição de Alimentos(PAA) e no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), Michela alerta sobre o impacto para as mulheres no campo.

"Pensar o desmonte de políticas públicas pra agricultura familiar é ver nitidamente o efeito da precarização da vida das mulheres, é ver o aumento da violência e do empobrecimento do campesinato em geral", denuncia.

Saiba mais: "Não dá para discutir feminismo sem as mulheres com deficiência", afirma Mila D'Oliveira

E tem mais...

A cozinheira baiana Nega Duda mostra que camarão é comida popular no quadro Alimento é Saúde, que mostra os benefícios e a importância cultural do fruto do mar.

No Comida de Verdade, Letícia Massula ensina uma receita encantadora: o bolinho de mandioca assado na folha de bananeira. 

O Mosaico Cultural discute o lugar das mulheres na dramaturgia cearense. 

E o Ceará também marca presença no Momento Agroecológico, que mostra a primeira experiência de certificação orgânica de um assentamento no estado.

Confira: "A cura dessa Terra passa pela mão das mulheres", afirma Txai Suruí no Bem Viver na TV 

O Bem Viver é uma produção do Brasil de Fato, exibida na Rede TVT, que abrange a Grande São Paulo. A produção vai ao ar às 13h30, com reprise no domingo às 6h30 e na terça-feira às 20h. Além disso, tem exibição na TVCom Maceió, na TV Floripa, na TVU Recife, na TVE Bahia e nas plataformas online da TV RSul. Confira a programação!

Onde assistir 

Nas redes sociais do Brasil de Fato (Facebook e YouTube); na TVT, no canal 44.1 – sinal digital HD aberto na Grande São Paulo e canal 512 NET HD-ABC; na TVCom Maceió, no canal 12 da NET; na TV Floripa, também no canal 12 da NET; na TVU (Universitária) Recife no canal 40 UHF digital e na TVE Bahia, no canal 30 (7.1 no aparelho) do sinal digital. 

Quando

Na TVT: sábado às 13h30; com reprise domingo às 6h30 e terça-feira às 20h. 

Na TVCom: sábados às 10h30, com reprise domingo às 10h. 

Na TVU Recife: sábados às 12h30, com reprise terça-feira às 21h. 

Na TVE Bahia: sábado às 12h30, com reprise quinta-feira às 7h30. 

Sintonize 

No rádio, o programa Bem Viver vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 11h às 12h, com reprise aos domingos, às 10h, na Rádio Brasil Atual. A sintonia é 98,9 FM na Grande São Paulo e 93,3 FM na Baixada Santista. 

O programa também é transmitido pela Rádio Brasil de Fato, das 11h às 12h, de segunda a sexta-feira. O programa Bem Viver também está nas plataformas: Spotify, Google Podcasts, Itunes, Pocket Casts e Deezer. 

Assim como os demais conteúdos, o Brasil de Fato disponibiliza o programa Bem Viver de forma gratuita para rádios comunitárias, rádios-poste e outras emissoras que manifestarem interesse em veicular o conteúdo. Para fazer parte da nossa lista de distribuição, entre em contato pelo e-mail: [email protected].

Edição: Rodrigo Durão Coelho