Luta

Educação: atos nacionais acontecem em Brasília (DF) nesta quarta (9) e sexta (11)

Manifestação pede a revogação do Novo Ensino Médio, respeito ao Piso Nacional do Magistério e Orçamento para a Educação

Brasil de Fato | Brasília (DF)  |
Sede de Ministério da Educação em Brasília - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em razão do Dia Nacional do Estudante, em 11 de agosto, organizações ligadas ao setor prepararam ao menos dois atos em defesa da educação pública em Brasília nesta semana.

Continua após publicidade

Na quarta-feira (9) a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e sindicatos filiados farão uma manifestação em frente ao Ministério da Educação e na Câmara Federal.

:: Tarcísio confere à educação o mesmo tratamento dado por Bolsonaro à covid ::

De acordo com a CNTE, cerca de 2 mil pessoas são esperadas na mobilização. O ato no MEC está marcado para 10 horas. Já no período da tarde, às 15 horas, os manifestantes devem se dirigir ao estacionamento do Anexo II da Câmara dos Deputados para uma manifestação. Na pauta há reivindicações que devem ser entregues aos representantes do Executivo e do Legislativo.

Na sexta-feira (11) será a vez dos estudantes fazerem um ato a partir das 9 horas em frente ao Museu Nacional. A mobilização é convocada pela a União Nacional do Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG)  e tem como tema a defesa do Orçamento para a Educação e a revogação do Novo Ensino Médio. Além do Distrito Federal os atos também acontecem em mais 13 estados.

:: Lula sanciona lei para garantir mais 1 milhão de vagas em escolas em tempo integral ::

"A reconstrução do Brasil só será possível com financiamento adequado para o setor educacional, a revogação do novo ensino médio, ampliação da lei de cotas, juros baixos, direitos previdenciários para pós graduandos e com a garantia de que o PNAES vire lei. A educação precisa estar em primeiro lugar!", aponta um trecho da convocação das organizações.

Agenda de mobilização

9 de agosto (quarta-feira)

- 10h- Forte abraço de pressão ao MEC;
- 10h30- Leitura da pauta de reivindicações e entrega de panfletos;
- 11h-Pronunciamentos de dirigentes da CNTE e FNPE  e entrega de ofício ao Ministério;
- 15h-Leitura da pauta de reivindicações e entrega de panfletos ao Congresso Nacional;
- 16h-Pronunciamentos de dirigentes e parlamentares interessados em participar do ato. 

11 de agosto (sexta-feira)

- 9h Ato da UNE, UBES e ANPG em frente ao Museu Nacional.

:: Clique aqui para receber notícias do Brasil de Fato DF no seu Whatsapp ::

Fonte: BdF Distrito Federal

Edição: Flávia Quirino