DITADURA NUNCA MAIS!

No Ceará, Levante Popular da Juventude realiza escracho contra o deputado André Fernandes (PL)

As ações de escracho foram realizadas em dez estados brasileiros

Brasil de Fato | Juazeiro do Norte (CE) |
Ação de escracho realizada no escritório do deputado André Fernandes (PL) - Coletivo de Comunicação Levante Ceará

Hoje, 1º de abril, data que marca os 60 anos do Golpe Militar no Brasil, jovens organizados pelo movimento Levante Popular da Juventude promoveram escrachos em várias capitais do país. As ações ocorreram de forma simultânea, para denunciar os políticos e personalidades ligadas à extrema-direita que articularam, mobilizaram ou estiveram presentes na tentativa de golpe no dia 8 de janeiro de 2023, em Brasília.

Continua após publicidade

Aqui no Ceará, os integrantes do Levante realizaram a ação de escracho em frente ao escritório do deputado federal André Fernandes (PL), apelidado de QG. O movimento denunciou sua atuação na mobilização de manifestantes para a tentativa de golpe, além de divulgar as ações de vandalismo do 8 de janeiro de forma a ridicularizar o Supremo Tribunal Federal (STF).

Continua após publicidade


Escracho contra o deputado André Fernandes (PL) / Coletivo de Comunicação Levante Ceará

Continua após publicidade

Com o mote "Por verdade, memória e justiça", militantes escreveram nas paredes do local a palavra "Golpista", para denunciar as mobilizações e apoio feito por André Fernandes a tentativa de golpe em 2023 e explicitar o episódio do ano passado fazendo relação com o golpe militar de 1964.

Continua após publicidade

Amanda Primo, membro da Coordenação Nacional do Levante Popular da Juventude, justifica a escolha do nome do parlamentar para a ação de escracho e ressalta que André Fernandes é herdeiro desse legado sombrio da ditadura militar no Brasil. "Aqui no Ceará, ele cumpre o papel de representar o que há de mais ideológico da extrema direita no estado: a tentativa de mobilizar os valores baseados na formação da nossa sociedade completamente desigual em torno de um projeto de poder. A prova disso é que o PL lançará sua candidatura à prefeito de Fortaleza. Nós não vamos parar de denunciá-lo até que seja responsabilizado pelos atos contra a democracia", afirmou.


A ação foi realizada de forma simultânea em diversas capitais brasileiras / Coletivo de Comunicação Levante Ceará

Além do Ceará, outros nove estados brasileiros também realizam escrachos. Em todas elas, os alvos denunciados tiveram ligação direta com a elaboração da minuta ministerial que tentou permitir a intervenção federal, ou cumpriram papel ativo na mobilização e difusão da pauta nas redes sociais. 

Para receber nossas matérias diretamente no seu celular clique aqui.

Fonte: BdF Ceará

Edição: Camila Garcia