RECONHECIMENTO

Brasil de Fato MG ganha prêmio de jornalismo

Jornal foi finalista na categoria impresso e vencedor da categoria internet

Belo Horizonte

,
1º Prêmio Sindibel de Jornalismo agraciou reportagens sobre a importância do serviço público / Ernandes Ferreira

A noite de segunda-feira (18) foi de alegria e reconhecimento para o Brasil de Fato MG, que tem sede em Belo Horizonte. A equipe recebeu duas premiações no 1º Prêmio Sindibel de Jornalismo, iniciativa do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos Municipais de Belo Horizonte. O concurso contou com mais de 80 inscrições divididas nas categorias rádio, impresso, TV e internet, e teve como tema a importância do serviço público para Belo Horizonte.

A matéria finalista na categoria impresso foi “Maternidades de BH não seguem normas que garantem autonomia na hora de parir” de Larissa Costa, já a categoria internet, a mais concorrida, foi vencida pela matéria “As pessoas que cuidam de BH e a gente nem vê” de Rafaella Dotta, reportagem que buscou desmistificar alguns pré-conceitos sobre quem trabalha no serviço público, contando histórias reais de servidores da Prefeitura de Belo Horizonte.

Além dos vencedores nas quatro categorias, que levaram um prêmio de R$ 2 mil cada um, foi concedida uma menção honrosa à jornalista Alessandra Mendes França pela série de reportagens “Los hermanos, as reformas de lá para cá”, veiculada na rádio Itatiaia. As reportagens falam sobre o sistema previdenciário na Argentina e no Chile. Os outros veículos premiados foram a rádio Band News, a TV Record e o jornal Hoje em Dia.

Fomentar reportagens

Segundo o Sindibel, o prêmio teve o objetivo de “fomentar a cobertura jornalística sobre o servidor público, contribuindo para o melhor entendimento pela sociedade acerca da importância do serviço público como indutor de desenvolvimento e garantidor de direitos”.

“Estou muito honrado pela oportunidade de agraciar com este prêmio o trabalho de jornalistas cientes da relevância do trabalho do servidor público para Belo Horizonte”, afirmou o presidente do SINDIBEL, Israel Arimar de Moura. “O crescimento e o aprimoramento da cobertura jornalística especializada ajudam a contribuir para a busca de melhoria permanente e o desenvolvimento da cidade”, completa.

Edição: Joana Tavares