indicação

'Retratos Fantasmas', de Kleber Mendonça, representa o Brasil no Oscar; relembre entrevista com o diretor

Academia Brasileira de Cinema anunciou indicação nesta terça-feira; filme concorre agora com produções de todo o mundo

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ) |

Ouça o áudio:

Documentário mostra o abandono e o descaso com os cinemas de rua do centro de Recife - Divulgação/Vitrine Filmes

A Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais anunciou nesta terça-feira (12) que o filme Retratos Fantasmas, de Kleber Mendonça Filho, será indicado para representar o Brasil na disputa pelo Oscar de melhor filme internacional na edição 2024 do mais prestigiado prêmio de cinema do mundo. O diretor falou ao BdF Entrevista, programa do Brasil de Fato, no último mês de agosto, quando o filme foi lançado.

Continua após publicidade

Retratos Fantasmas mostra como as salas de exibição da capital pernambucana sofrem há décadas com o abandono e o descaso. O diretor recorre às suas memórias pessoais e os legados dos espaços culturais abandonados na parte antiga da cidade. Ele conta que o objetivo era apresentar a cidade de maneira diferente do habitual.

Continua após publicidade

"Em geral, cidades – eu falo isso de qualquer cidade no Brasil e até no mundo –, elas são… Existe uma representação visual, do ponto de vista de arquivo de cada cidade, e o Recife, ao longo de muitos anos, na minha opinião, é representado por um grupo muito pequeno de imagens, quando você fala do passado da cidade. E algumas dessas imagens são repetidas à exaustão", contou. 

Continua após publicidade

Clique aqui para ler a entrevista na íntegra.

Continua após publicidade

Concorrência internacional

Além de Retratos Fantasmas, outros cinco filmes concorriam à indicação brasileira para o Oscar, pré-selecionados entre 28 inscritos: Estranho Caminho, de Guto Parente; Noites Alienígenas, de Sergio Carvalho; Nosso Sonho - A Historia De Claudinho E Buchecha, de Eduardo Albergaria; Pedágio, de Carolina Markowicz; e Urubus, de Claudio Borrelli.

A partir de agora, o filme de Mendonça estará na disputa com produções de outras partes do mundo em busca de uma vaga na lista final para indicação ao prêmio. Cada país indica um representante para a disputa e a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos escolhe a lista final, que será divulgada em 23 de janeiro de 2024. A cerimônia de entrega do Oscar está marcada para 10 de março.

Esta é a segunda vez que Kleber Mendonça Filho tem um filme indicado para representar o Brasil no Oscar. Em 2013, a Academia Brasileira de Cinema indicou O Som ao Redor para a disputa, mas o filme ficou fora da lista definitiva. Outros filmes de destaque da carreira de Mendonça são Bacurau e Aquarius.

Edição: Thalita Pires