O que está acontecendo na Venezuela?

O Brasil de Fato está em Caracas, onde acompanha os fatos recentes da política e do cotidiano no país

Montagem: Brasil de Fato

A Venezuela vive uma complexa crise política e econômica, que se arrasta por cerca de quatro anos. No centro do turbilhão está o governo de Nicolás Maduro, eleito em abril de 2013.

Herdeiro político do ex-presidente Hugo Chávez, Maduro chegou ao poder em meio à comoção pela morte do líder que, além de impulsionar a chamada Revolução Bolivariana, colocou o país petroleiro no mapa geopolítico mundial. A ausência de Chávez, no entanto, fortaleceu a oposição, que não deu trégua ao governo Maduro, primeiro desconhecendo sua vitória, passando por tentativas de tirá-lo do poder por meio de referendo ou promovendo protestos constantes que paralisam o país.

Maduro, que se autointitula "o primeiro presidente operário do país", tem como desafio maior pacificar uma Venezuela, convulsionada pelos protestos oposicionistas e por uma brutal guerra econômica, que gera desabastecimento de alimentos e produtos básicos.

Para reagir no campo da política, Maduro convocou uma Assembleia Nacional Constituinte, que foi eleita e assumiu em agosto de 2017. O centro do processo é debater com os venezuelanos os rumos do país.

Para 2018, o governo bolivariano convocou eleições presidenciais, que ocorreram no dia 20 de maio e resultaram na vitória de Nicolás Maduro, candidato à reeleição pelo Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV). Também ocorreram na mesma data as eleições dos conselhos legislativos estaduais e municipais venezuelanos.

O Brasil de Fato está acompanhando o cotidiano da Venezuela de perto e publica aqui as reportagens produzidas por nossa correspondente no país, Fania Rodrigues.

Últimas notícias

Saiba como foi o processo de eleição Constituinte

Vídeos e reportagens radiofônicas

Domingo no parque: moradores de Caracas desfrutam lazer no Parque Ávila